sexta-feira ,14 dezembro 2018
Página Inicial / Educação / Alunos fazem trabalho sobre desigualdade de gênero e são vetados de ir à feira de ciências

Alunos fazem trabalho sobre desigualdade de gênero e são vetados de ir à feira de ciências

A prefeitura de Uberlândia, em Minas Gerais, impediu que crianças apresentassem trabalhos na Feira de Ciências da Universidade Federal de Uberlândia, por terem como tema a desigualdade de gênero. De acordo com o jornal O Globo, um vereador da cidade fez um pedido para que dois trabalhos, que abordavam o tema, fossem retirados da feira. Depois da requisição, a prefeitura vetou todas as apresentações.

Os dois trabalhos que motivaram o veto da participação das crianças tinham como títulos “Desigualdade de gênero” e “Discussão de gênero: Desnaturalizando a desigualdade de gênero dentro das escolas”. Essa foi a 23ª edição da Feira de Ciências. O evento conta com apresentações de trabalhos de alunos das redes municipal, estadual e federal, do ensino fundamental e médio. A disputa para participar é grande, conforme o veículo. O evento só comporta 100 apresentações e, neste ano havia 143 inscritos. O critério de seleção parte por uma comissão com professores especialistas na área e membros do governo, os trabalhos sobre desigualdade de gênero tinham passado por todas essas etapas.

“A minha enteada estava toda animada para mostrar seu trabalho. O dela não tem nada a ver com questões polêmicas e ela investiu muito. O evento é tradicional na cidade, existe toda uma preparação e, do dia para a noite, proíbem. Achei um absurdo”, desabafou Roberto Silveira, padrasto de uma das meninas que se apresentaria, ao O Globo.

 

Fonte: Jornal O Globo

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Bahia receberá R$ 19 milhões do MEC para a expansão do Ensino Médio em Tempo Integral

A Bahia vai receber R$ 19,65 milhões do Ministério da Educação para a expansão e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *