quinta-feira ,23 novembro 2017
Página Inicial / As Mais Lidas / Amargosa: Após 3 dias de gestão, prefeito é alvo de primeiro protesto

Amargosa: Após 3 dias de gestão, prefeito é alvo de primeiro protesto

Foto: Bahia Interior
Foto: Bahia Interior

O prefeito eleito de Amargosa, Júlio Pinheiro (PT), tomou posse há apenas três dias, mas já enfrenta o primeiro protesto de servidores do município. De acordo com o site Bahia Interior, antes mesmo de assumir Pinheiro entrou com uma ação na Justiça para questionar a convocação de aprovados em concurso público, chamados pela ex-prefeita Karina Silva no fim de 2016. O pedido do petista foi indeferido pelo juiz Alberto Fernando Sales de Jesus, da Comarca de Amargosa. Porém, ao se apresentarem para o trabalho na última segunda-feira (2), os convocados foram informados de que deveriam voltar para casa porque a decisão seria ilegal, já que iria de encontro à Lei de Responsabilidade Fiscal.

Nesta quarta (4), o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (Sisepa) organizou um protesto em frente ao fórum da cidade. O presidente do Sisepa, Maurício Santos, afirma que o juiz solicitou que o prefeito apresente relatórios que comprovem a suposta ilegalidade. Santos negou que houve irregularidades, já que a gestão teria concluído o ano com gastos de pessoal ligeiramente acima de 49%, o que é permitido pela LRF.

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

UPB pede que governo antecipe ICMS de janeiro para cobrir municípios em crise

A União dos Municípios da Bahia (UPB) enviou há 15 dias um ofício para o …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *