sexta-feira ,14 dezembro 2018
Página Inicial / As Mais Lidas / Apresentadora que esteve em Seabra ira substituir a programação de Fatima Bernardes no Estado

Apresentadora que esteve em Seabra ira substituir a programação de Fatima Bernardes no Estado

Desde que deixou o comando do noturno “BATV” com a promessa que voltaria ao ar com um programa solo, Camila Marinho vem tendo que lidar com as especulações sobre seu futuro profissional. Em setembro, por exemplo, o Bahia Notícias descobriu que a nova atração estava sendo pensada para ser um vespertino experimental – nos moldes do “Encontro com Fátima Bernardes” – que ocuparia parte do horário do “Vídeo Show” (relembre aqui). Dois meses se passaram e até o momento nada de oficial foi divulgado. Contudo, em entrevista ao BN, João Gomes, diretor executivo da Rede Bahia, revelou que a afiliada está batalhando para conseguir espaço na programação da Globo para gerar conteúdo por temporadas.

“Com a Camila, a gente está focando muito nessa possibilidade também. Hoje, você até vê na tela da Globo que algumas atrações já são assim. É bom para ter oportunidade de reciclagem. Então, Camila tem uma versatilidade que vai do jornalismo ao entretenimento. Camila é a nossa Fátima (Bernardes) baiana, com as devidas proporções. Ela é uma figura fundamental nesse processo de mudança. Camila terá muitas novidades ao longo do ano, programas especiais para se dar bem com o entretenimento”, explicou.

A saída de Marinho para o entretenimento fez parte de um conjunto de mudanças encabeçadas pela chegada de Jéssica Senra, contratada para tentar barrar as constantes derrotas na audiência no horário do almoço para a TV Itapoan. A medida surtiu um pequeno efeito no primeiro mês, mas atualmente a afiliada da Globo segue amargando a segunda posição. A situação está tão delicada que a platinada – em uma ação inédita – aceitou suspender a exibição de um programa nacional (“Bem Estar”) para que o “Bahia Meio Dia” tenha mais tempo no ar e fidelize o telespectador (veja aqui).

Enquanto gestor, Gomes admitiu o incômodo pela perda da audiência, mas pontuou que a rede está preocupada em “não perder a relevância”. “E acho que não perdemos, pelo contrário. Tivemos um crescimento de público em casa muito decorrente da crise econômica. Mudou o perfil das pessoas e isso tornou a base de telespectador mais suscetível a determinados tipos de pautas e abordagens. Com todo respeito a isso, até porque o público é soberano, nós não vamos fazer esse tipo de conteúdo para ter audiência, porém vamos melhorar cada vez mais nosso jornalismo para que ele tenha relevância para a sociedade”, garantiu.

Por fim, pontuou que a intenção do jornalismo da TV Bahia não é retratar uma realidade apelativa. “A maioria das pessoas está fazendo escolhas baseadas no que percebem diariamente. Porém, nosso propósito é de edificar, trazer coisa que repercutam nas ruas. Não estamos liderando, tudo bem, mas vou dizer ao público e ao mercado que quando ele quiser ver alguma coisa que traga respeito, ele saberá qual o canal sintonizar”, provocou. Vale lembrar que essa mudança no “BMD” é inicialmente aplicada apenas durante o horário de verão e que o “Bem Estar” em Salvador costuma marcar apenas três pontos de audiência, ficando atrás da Itapoan e Aratu.

 

Fonte: Bahia Noticias

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Oprah tira do ar entrevista com João de Deus após acusações de abuso sexual contra ele

Um grupo de pessoas começou um movimento na internet para que chegasse aos ouvidos da …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *