terça-feira ,24 setembro 2019
Página Inicial / As Mais Lidas / Apresentadora que esteve em Seabra ira substituir a programação de Fatima Bernardes no Estado

Apresentadora que esteve em Seabra ira substituir a programação de Fatima Bernardes no Estado

Desde que deixou o comando do noturno “BATV” com a promessa que voltaria ao ar com um programa solo, Camila Marinho vem tendo que lidar com as especulações sobre seu futuro profissional. Em setembro, por exemplo, o Bahia Notícias descobriu que a nova atração estava sendo pensada para ser um vespertino experimental – nos moldes do “Encontro com Fátima Bernardes” – que ocuparia parte do horário do “Vídeo Show” (relembre aqui). Dois meses se passaram e até o momento nada de oficial foi divulgado. Contudo, em entrevista ao BN, João Gomes, diretor executivo da Rede Bahia, revelou que a afiliada está batalhando para conseguir espaço na programação da Globo para gerar conteúdo por temporadas.

“Com a Camila, a gente está focando muito nessa possibilidade também. Hoje, você até vê na tela da Globo que algumas atrações já são assim. É bom para ter oportunidade de reciclagem. Então, Camila tem uma versatilidade que vai do jornalismo ao entretenimento. Camila é a nossa Fátima (Bernardes) baiana, com as devidas proporções. Ela é uma figura fundamental nesse processo de mudança. Camila terá muitas novidades ao longo do ano, programas especiais para se dar bem com o entretenimento”, explicou.

A saída de Marinho para o entretenimento fez parte de um conjunto de mudanças encabeçadas pela chegada de Jéssica Senra, contratada para tentar barrar as constantes derrotas na audiência no horário do almoço para a TV Itapoan. A medida surtiu um pequeno efeito no primeiro mês, mas atualmente a afiliada da Globo segue amargando a segunda posição. A situação está tão delicada que a platinada – em uma ação inédita – aceitou suspender a exibição de um programa nacional (“Bem Estar”) para que o “Bahia Meio Dia” tenha mais tempo no ar e fidelize o telespectador (veja aqui).

Enquanto gestor, Gomes admitiu o incômodo pela perda da audiência, mas pontuou que a rede está preocupada em “não perder a relevância”. “E acho que não perdemos, pelo contrário. Tivemos um crescimento de público em casa muito decorrente da crise econômica. Mudou o perfil das pessoas e isso tornou a base de telespectador mais suscetível a determinados tipos de pautas e abordagens. Com todo respeito a isso, até porque o público é soberano, nós não vamos fazer esse tipo de conteúdo para ter audiência, porém vamos melhorar cada vez mais nosso jornalismo para que ele tenha relevância para a sociedade”, garantiu.

Por fim, pontuou que a intenção do jornalismo da TV Bahia não é retratar uma realidade apelativa. “A maioria das pessoas está fazendo escolhas baseadas no que percebem diariamente. Porém, nosso propósito é de edificar, trazer coisa que repercutam nas ruas. Não estamos liderando, tudo bem, mas vou dizer ao público e ao mercado que quando ele quiser ver alguma coisa que traga respeito, ele saberá qual o canal sintonizar”, provocou. Vale lembrar que essa mudança no “BMD” é inicialmente aplicada apenas durante o horário de verão e que o “Bem Estar” em Salvador costuma marcar apenas três pontos de audiência, ficando atrás da Itapoan e Aratu.

 

Fonte: Bahia Noticias

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Ibotirama-BA: Homem morre após ser atropelado enquanto trafegava de bicicleta

Um homem morreu após ser atropelado enquanto trafegava de bicicleta pela avenida principal do bairro …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *