sexta-feira ,14 dezembro 2018
Página Inicial / Entretenimento / Ataques ao governo e defesa de Rui com ações dos últimos 4 anos predominaram em debate

Ataques ao governo e defesa de Rui com ações dos últimos 4 anos predominaram em debate

 

O primeiro debate entre os candidatos ao governo do estado foi repleto de críticas à gestão do governador Rui Costa (PT). Em especial Marcos Mendes (PSOL) e Zé Ronaldo (DEM), levantaram números e apontaram problemas na administração do petista, remetendo inclusive ao fato do partido dele estar no poder há quase 12 anos. Rui, por outro lado, preferiu responder enumerando os seus projetos que foram colocados em prática nos últimos quatro anos.

Ao chegar na TV Bandeirantes, Zé Ronaldo preferiu não apresentar qual seria sua estratégia na discussão. No entanto, logo em sua primeira participação, ele fez reclamações sobre a atual gestão nas áreas de segurança pública e educação. Em suas primeiras participações no debate, Rui preferiu não responder diretamente e apenas citou os projetos realizados pelo seu governo para defender sua candidatura. Apenas no fim o governador condenou os ataques, mas também apontou dados negativos da prefeitura de Feira de Santana para atingir seu rival do DEM.

Marcos Mendes (PSOL) foi quem mais criticou os oponentes durante o debate, dirigindo questionamentos tanto a Rui quanto a Zé Ronaldo e ao grupo político no entorno do democrata. O candidato do PSOL chegou inclusive a associar o atual governador ao carlismo. Já João Henrique (PRTB) dedicou boa parte de seu tempo tentando “limpar” sua imagem e se afastar do rótulo de que fez uma gestão ruim como prefeito de Salvador.

João Henrique e Célia Sacramento aproveitaram alguns momentos do debate para fazer uma dobradinha e debater sobre os problemas da gestão estadual. A candidata da Rede Sustentabilidade também fez críticas a Rui, questionando como os recentes mandatos liderados pelo PT não resolveram deficiências na segurança pública e na questão hídrica, por exemplo. O atual governador tentou associar Zé Ronaldo a Michel Temer, falando com frequência sobre “os aliados de Temer na Bahia”. No entanto, foi João Santana (MDB) quem precisou responder sobre o presidente da República. O candidato do MDB inclusive sugeriu que seu correligionário teria cometido um erro ao tratar a corrupção no Planalto, mas garantiu que agiria de forma diferente. “Sou ficha-limpíssima”, disse.

O debate na TV Bandeirantes também foi uma oportunidade dos candidatos ao governo pedirem voto para os candidatos à Presidência da República. João Henrique foi quem mais tentou se aproximar de um aliado, mencionando constantemente o nome de Jair Bolsonaro (PSL). Na Bahia, PRTB e PSL fizeram uma aliança na chapa majoritária para a eleição deste ano. Célia, Rui e Mendes também tentaram promover Marina Silva (Rede), Lula (PT) e Guilherme Boulos (PSOL), respectivamente. Por outro, Zé Ronaldo e João Santana não mencionaram os candidatos que seus respectivos partidos apoiam nacionalmente.

 

Fonte: Bahia Notícias.    

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Com as maiores bancadas eleitas, PSL e PT terão direito a 108 assessores cada

Tanto o Partido dos Trabalhadores (PT) quanto o Partido Social Liberal (PSL) poderão contratar até …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *