quinta-feira ,12 dezembro 2019
Página Inicial / Política / Ausência de Rui em inauguração é apoiada por aliados; oposição sugere ‘deselegância’

Ausência de Rui em inauguração é apoiada por aliados; oposição sugere ‘deselegância’

A não participação do governador Rui Costa na inauguração do novo Aeroporto Glauber Rocha, em Vitória da Conquista, nesta terça-feira (23) (lembre aqui) rendeu comentários solidários e também críticas.

O senador Angelo Coronel (PSD) considerou pertinente a decisão do governador e criticou o governo federal. “Esta obra é estadual, quem vai fazer a gestão é o governo do estado, qualquer obra de grande porte recebe recursos federais, como também o aeroporto percebeu”, afirmou. “Mas da atual gestão do atual presidente, não chegou um real”, acrescentou Coronel. “E agora o presidente quer a paternidade da obra, quer fazer palanque político, depois principalmente de ter depreciado nós nordestinos”, lamentou o parlamentar.

 

A discussão pela paternidade da obra pautou o comentário da deputada federal Professora Dayane Pimentel (PSL) sobre a ausência de Rui na cerimônia. “Rui Costa está com receio de ser vaiado pelo público de Bolsonaro”, afirmou. “Acontece que, dessa forma, ele se desmente: quem falta à festa é o convidado e não o anfitrião”, provocou Dayane.

 

Sob outro ponto de vista, o senador Jaques Wagner (PT) lamentou o que segundo ele “era para ser uma festa popular” e acabou sendo transformado “em uma coisa mesquinha da política” a partir da organização do evento pelo governo federal.

 

O governador do Maranhão, Flávio Dino, utilizou as redes sociais para apoiar e prestar solidariedade ao chefe do Executivo baiano que, de acordo com ele, foi “praticamente impedido de participar da inauguração de uma obra no estado que ele governa”. “Faço um apelo ao bom senso, enquanto há tempo”, tweetou Dino.

 

Já o deputado federal Paulo Azi, presidente do DEM na Bahia, viu atitude do petista como uma tentativa de “se fazer de vítima”. Para ele, Rui agiu de má fé ao tentar capitalizar para ele, apenas, a construção do terminal. Segundo Azi, a ausência de Rui é um gesto de deselegância. “Esse clima de enfrentamento por parte de Rui Costa só trará prejuízos à Bahia”, afirmou o parlamentar.

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Lajedinho: Seis anos após enchente, moradores encaram possibilidade de município deixar de existir

Neste sábado (7) completa sete anos que o município de Lajedinho, na Chapada Diamantina, passou …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *