segunda-feira ,23 outubro 2017
Página Inicial / Noticias / Aviões do Forró tem bens bloqueados pela Justiça Federal por suspeita de sonegação fiscal

Aviões do Forró tem bens bloqueados pela Justiça Federal por suspeita de sonegação fiscal

001

A Polícia Federal (PF) informou que a Justiça Federal decretou o bloqueio de imóveis e a apreensão de veículos pertencentes a pessoas ligadas ao grupo Aviões do Forró, que comanda casas de show e também a banda Aviões do Forró. Essa informação foi divulgada em nota nesta terça-feira (18), e a ação faz parte da operação FOR ALL, que foi deflagrada pela PF contra o grupo.

A Receita Federal divulgou que as investigações começaram em 2012 e foram aprofundadas a partir de 2014, com a parceria da Polícia Federal e do Ministério Público. Cerca de 260 policiais federais e 35 auditores cumprem 76 mandados judiciais, sendo 32 de condução coercitiva – quando a pessoa é obrigada a depor – e 44 de busca e apreensão nas cidades de Fortaleza e Russas no Ceará além de Souza na Paraíba.

Resposta
Após ser alvo de operação, a banda divulgou nota em que comenta a ação da PF que tem cerca de 260 agentes trabalhando. Através da sua assessoria de comunicação a banda afirmou que irá colaborar com a investigação policial. “A Banda Aviões do Forró informa que está à disposição da Polícia Federal e da Justiça e que colaborará com todos os questionamentos em relação à operação”, afirmou a banda, em nota enviada ao site do Correio24h.

Solange posta mensagem nas redes sociais 
Às 8h desta terça (18) a cantora Solange Almeida, que também é alvo da operação, postou mensagem em seu Facebook sem comentar diretamente a operação. “Seja incentivador de sorrisos, cumprimente as pessoas, elogie, faça um carinho. Você é reflexo daquilo que faz ao seu próximo! #bomdia”, escreveu acompanhada de uma foto. As informações são do Correio 24h.

 

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Seabra: SAC Móvel estará na cidade nos dias 30 e 31 deste mês

Nos dias 30 e 31 de outubro a cidade de Seabra na Chapada Diamantina receberá …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *