sexta-feira ,24 novembro 2017
Página Inicial / Sem categoria / BARREIRAS: Presos matam colega e deixam recado para juiz no corpo

BARREIRAS: Presos matam colega e deixam recado para juiz no corpo

Delegacia de Barreiras, no oeste da Bahia (Foto: Reprodução/ TV Bahia)
Delegacia de Barreiras, no oeste da Bahia (Foto: Reprodução/ TV Bahia)

O detento morto foi identificado como Angelo Cássio Araújo, 40 anos

Um preso foi morto a facadas dentro do Complexo Policial de Barreiras, no oeste baiano, na madrugada do domingo (30). No corpo dele, os outros detentos escreveram um recado para o juiz da comarca de Barreiras. Na barriga, em pasta de dente, estava escrito “solta, Gabriel”, no que a polícia acredita que seja uma referência ao juiz Gabriel Morais, que atua na cidade. Além disso, com sangue da vítima, eles escreveram a mesma frase em um papel que foi pendurado ao corpo.

O detento morto foi identificado como Angelo Cássio Araújo, 40 anos. O corpo dele foi encontrado pendurado de cabeça para baixo em uma viga na parede da cela, com uso de lençóis.  O recado na barriga do preso pedia a soltura de detentos. A unidade tem capacidade para 28 presos e abriga no momento cerca de 130.

Houve muita agitação durante a madrugada e, temendo uma rebelião, agentes acionaram a Polícia Militar. Quando conseguiram entrar nas celas, já encontraram Angelo Cássio morto. Ele teria sido atacado porque fez o que foi entendida como uma ameaça velada por outros presos, dizendo que era capaz de matar pessoas quando estavam dormindo.

A polícia acredita que os presos usaram chunchos, espécie de facas artesanais, para atacar e matar o colega.

O preso morto é natural de Brasília e foi preso em São Desidério por homicídio.  O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Barreiras para perícia e liberação. (Correio 24 horas)

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Cientistas brasileiros testam ‘vacina’ que cria anticorpos contra cocaína

Cientistas brasileiros testam uma espécie de vacina que pode ajudar no auxílio a dependentes químicos. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *