quinta-feira ,17 outubro 2019
Página Inicial / Saúde / Boletim da Sesab aponta oito novos casos confirmados de sarampo na Bahia

Boletim da Sesab aponta oito novos casos confirmados de sarampo na Bahia

Uma nota divulgada nesta quarta-feira (2) pela Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) apontou oito novos casos confirmados de sarampo no estado. Com isso, segundo a Sesab, o estado acumula de 1° de janeiro a 2 de outubro de 2019 nove casos confirmados da doença, 254 descartados e 204 em investigação.

Dos oito novos casos confirmados, sete foram em Santo Amaro, no recôncavo da Bahia, e um em Jacobina, norte do estado.

Na nota, o secretário da Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas, informa que dos casos confirmados em Santo Amaro e Jacobina, seis não eram vacinados e dois apresentavam esquema vacinal incompleto. [Confira ao fim da reportagem o esquema vacinal por idade, orientado pelo Ministério da Saúde]

Em setembro, a Sesab divulgou quatro casos confirmados entretanto, desses, três eram de moradores de outros estados que estavam na Bahia, e apenas um, o de uma adolescente de 12 anos, é de uma residente da Bahia. no estado.de todos são residentes em são paulo.

Ainda segundo a Sesab, a faixa etária dos novos pacientes confirmados varia entre 9 meses a 26 anos. Apesar dos casos residirem em Santo Amaro, as primeiras notificações foram feitas pelos municípios de Itagibá (um bebê de 9 meses e sua genitora de 18 anos) e Feira de Santana (sexo masculino, 26 anos). No caso de Jacobina, a paciente possui 9 anos.

As equipes da vigilância municipal e estadual identificaram outros sete casos suspeitos que estão em investigação laboratorial. Todos os casos notificados possuem vínculo epidemiológico entre si e concentram em grupo populacional de migrantes não vacinados, em sua maioria, o que potencializa o risco de disseminação do vírus pelo estado.

Às 16h desta quarta-feira, o secretário da Saúde se reunirá com prefeitos e secretários municipais de saúde das localidades de Cachoeira, Candeias, Santo Amaro, São Félix, São Francisco do Conde, São Sebastião do Passé, Saubara, Salvador, Itaparica, Lauro de Freitas, Madre de Deus, Vera Cruz, Camaçari, Conde, Dias D’Ávila, Mata de São João, Pojuca e Simões Filho. Na pauta do encontro está a situação epidemiológica do sarampo e as ações a serem desenvolvidas para prevenção e controle da doença na região metropolitana.

Esquema vacinal por idade

De 6 a 11 meses: o bebê deve receber a dose zero da vacina Tríplice Viral, que protege contra sarampo, rubéola e caxumba.

Aos 12 meses: receber a 1ª dose de rotina da vacina Tríplice Viral.

Aos 15 meses: receber a 2ª dose de rotina da vacina Tríplice Viral.

Até 29 anos: caso não tenha sido vacinado anteriormente, deve receber duas doses da vacina Tríplice Viral, com intervalo de 30 dias.

30 a 49 anos: caso não tenha sido vacinado anteriormente, deve receber uma dose da vacina Tríplice Viral.

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Campanha nacional de vacinação contra o sarampo começa segunda-feira

Em parceria com os governos estaduais, distrital e municipais, o Ministério da Saúde inicia, na …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *