terça-feira ,14 agosto 2018
Página Inicial / Acidente / Brasil: Número de Mortes Nas Estradas Diminui Em Relação Ao Réveillon do Ano Passado

Brasil: Número de Mortes Nas Estradas Diminui Em Relação Ao Réveillon do Ano Passado

Em todo o país, foram 183 acidentes graves durante o feriado prolongado.
Número reduziu em 24%; quantidade de mortos caiu 22%.

FOTO: Cristina Villarino

Durante o feriado do réveillon, os números de acidentes e de mortes diminuíram nas rodovias federais, em relação ao mesmo período do ano passado. Mas as infrações, como o excesso de velocidade, por exemplo, ainda são muito frequentes.

Em todo o país, foram 183 acidentes graves durante o feriado prolongado de Ano Novo. E, mesmo tendo um dia a mais em relação ao Ano Novo de 2017, o número reduziu em 24%. A quantidade de mortos caiu 22%. Houve redução de 10% no total de feridos.

“Infelizmente, a gente ainda tem números altos. A gente comemora por que são números menores do que do ano passado, mas a gente não tem como encarar com naturalidade 67 mortos a cada feriado”, destaca Diego Brandão, Polícia Rodoviária Federal.

Os acidentes reduziram, mas os casos de imprudência continuam. O índice de motoristas bêbados caiu pouco, segundo a Polícia Rodoviária Federal. O que assusta neste tipo de infração é a quantidade de álcool que o teste do bafômetro tem registrado em quem decide dirigir depois de beber, em muitos casos chega a ser 4 vezes maior do que a quantidade mínima determinada para a prisão de um motorista que dirige bêbado.

Na virada de ano, também teve motorista fazendo da estrada uma pista de corrida. No Paraná, na BR-467, a velocidade máxima é de 110 km/h, mas um carro estava a 197 km/h.

A infração é gravíssima. São sete pontos na carteira e multa de R$ 880. Na mesma estrada, outro carro estava numa curva a 167 km/h. Foram mais de 36 mil casos de excesso de velocidade flagrados pelos radares de sexta (29) à meia-noite de segunda-feira.

(Fonte: G1)

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Polícia baiana apreende 17,5 toneladas de drogas em pouco mais de 7 meses, diz SSP-BA

Em pouco mais de sete meses foi apreendido mais drogas do que em todo ano …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *