Página Inicial / Entretenimento / Inscrições para o Desafio Mucugê de MTB vão até esta semana; mais de 500 ciclistas participa

Inscrições para o Desafio Mucugê de MTB vão até esta semana; mais de 500 ciclistas participa

Ao todo serão quase 80 quilômetros com trilhas extremamente técnicas | FOTO: Divulgação |

Os amantes do Mountain Bike (MTB) têm até esta quinta-feira (5) para se inscreverem no Desafio Mucugê, que tem prova nos dias 7, 8 e 9 de setembro. Segundo a organização da prova, até o momento já há 525 ciclistas inscritos. Esse ano o Desafio Mucugê de MTB, sediado na Chapada Diamantina, contará com provas de XCO, XCM e cicloturismo e com pontuação máxima para o ranking nacional e estadual XCM1.

As inscrições podem ser feitas no site http://altoparaguacu.com.br. A prova está consolidada como uma das principais do calendário nacional, disputada na ‘Meca’ do MTB baiano, local que sediou a maior ultramaratona de Mountain Bike das Américas: o Brasil Ride.

No dia 7 de setembro acontece a etapa XCO (Circuito Olímpico) no mesmo percurso onde acontecia o prólogo do Brasil Ride. Um percurso bastante técnico, num terreno misto com rochas, pedras soltas e cascalho, com 5 quilômetros de distância e quase 100m de elevação por volta. No sábado (8), começa a prova de XCM com os atletas das categorias não oficiais (Sport e Cicloturismo).

Esses atletas percorrerão um percurso de aproximados 49 quilômetros com muito singletrack, belas paisagens e todos os ingredientes de superação que a natureza preparou em Mucugê. Já no domingo, dia 9, será a vez das categorias oficiais (PRO) disputarem o pódio e os pontos válidos pelo Ranking Estadual e Nacional de XCM.

Ao todo serão quase 80 quilômetros com trilhas extremamente técnicas, subidas e descidas alucinantes e rockgardens que exigirão toda a habilidade e experiência de cada atleta.

Jornal da Chapada

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Taxa de mortalidade infantil sobe 9,2% na Bahia depois de 25 anos em queda

Depois de passar 25 anos em queda, a taxa de mortalidade infantil aumentou 9,2% na …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *