Página Inicial / Saúde / Chapada: Itaberaba não registra suspeita de febre amarela; 11 mil pessoas já foram vacinadas

Chapada: Itaberaba não registra suspeita de febre amarela; 11 mil pessoas já foram vacinadas

A meta da Secretaria de Saúde é atingir a vacinação esperada, de um público de 40 mil pessoas, em 15 dias | FOTO: Reprodução/G1 |

Em quatro dias de atividade para vacinação da população itaberabense contra a febre amarela, 11 mil pessoas já foram atendidas na ação da gestão municipal ‘Cidade de Todos’, do prefeito Ricardo Mascarenhas (PSB). O caso de febre amarela importado de São Paulo e identificado em Itaberaba, cidade da Chapada Diamantina, se transformou em notícia nacional. Isso porque desde 2000 não se tem registro de morte por febre amarela no Nordeste.

Segundo o poder executivo local, o surto grave de zika serviu como experiência para as atitudes tomadas nesse caso. A estratégia continua, com o Ginásio de Esportes aberto à vacinação, o Expresso Saúde, que segue seu cronograma na zona rural, agora com vacina, e a Diretoria Regional de Saúde de Itaberaba mantendo um posto de vacinação. No total, 15 salas de vacinação permanecem à disposição da comunidade. Para atrair a população de risco, a Secretaria Municipal de Esportes implantou o programa ‘Vida e Saúde’ com aulas de aeróbica.

Leia também
Chapada: Morre paciente com febre amarela transferido de Itaberaba para Salvador; prefeitura lamenta

Além disso, há o carro fumacê, que está na cidade com cronograma definido para circular nos bairros no início da noite. As aplicações pontuais de larvicidas nas caixas d’água e a borrifação também continuam. A Secretaria de Ação Social, que distribui regularmente repelentes para gestantes e beneficiários do programa Bolsa Família, disponibilizou 2.500 unidades do produto para todos os inscritos no CadÚnico que tenham interesse ou algum impedimento para tomar a vacina. A ideia é lançar mão de todos os recursos para alcançar a população.

Na tarde da última segunda-feira (15), o prefeito Ricardo, a vice Maria José, o secretário de Saúde, João Rodrigues, e a secretária de Comunicação, Ana Fabricia de Mattos, estiveram no velório em solidariedade aos familiares da vítima da febre amarela. “Ele era um homem forte. É difícil aceitar que um mosquito tenha feito isso com ele”, lamentou o prefeito.

A meta da Secretaria de Saúde é atingir a vacinação esperada, de um público de 40 mil pessoas, em 15 dias. O governo do estado garantiu todas as doses e materiais necessários para essa efetividade, e 200 pessoas, dentre agentes de endemias e outros servidores da Saúde, todos trabalhando com foco no combate ao mosquito. Jornal da Chapada com informações de assessoria.

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Campanha de vacinação contra gripe começa no dia 23 de abril em todo o Brasil

A Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe terá início no dia 23 de abril …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *