sexta-feira ,20 outubro 2017
Página Inicial / Economia / Com convênios e equipamentos, governo tenta fortalecer agricultura do semiárido

Com convênios e equipamentos, governo tenta fortalecer agricultura do semiárido

Foto: Mateus Pereira / GOVBA

Com o objetivo de fortalecer a agricultura do semiárido baiano, o governador Rui Costa (PT) assinou convênios e entregou equipamentos e veículos que devem beneficiar mais de três mil famílias de pequenos agricultores da região. Em visita ao município de Jacobina nesta quinta-feira (21), Rui também autorizou a Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) a transferir R$ 221 milhões à Companhia de Engenharia Hídrica e de Saneamento da Bahia (Cerb) para implantar, ampliar e recuperar mil sistemas simplificados de abastecimento de água e implantar módulos sanitários residenciais através do Projeto Bahia Produtiva. “Hoje foi mais um dia de muitas ações e muitas entregas, tendo como carro chefe a assinatura de convênios do programa Pró-Semiárido, que reúne intervenções para melhorar a infraestrutura e a produção na zona rural.

Também anunciamos R$ 221 milhões para levar água às regiões de Jacobina, Senhor do Bonfim e Juazeiro. Serão mil sistemas simplificados de abastecimento, que vão melhorar a vida das pessoas”, explicou o governador. Para o projeto de Desenvolvimento Rural Sustentável na Região Semiárida da Bahia (Pró-Semiárido), foram assinados 24 convênios com associações de pequenos produtores. A iniciativa faz parte de um projeto maior que visa a erradicação da pobreza na região, com o apoio e o fortalecimento às principais cadeias produtivas dos agricultores familiares na região. O governador entregou também cinco tratores e implementos agrícolas, o que totaliza mais de R$ 470 mil de investimento. Esses equipamentos devem beneficiar os municípios de Jacobina, Juazeiro, Salvador, Senhor do Bonfim, Vitória da Conquista e Ponto Novo. Já o Território de Identidade Piemonte Norte Itapicuru, que abrange as cidades de Antônio Gonçalves, Andorinha, Caldeirão Grande, Campo Formoso, Filadélfia, Jaguarari, Pindobaçu, Ponto Novo e Senhor do Bonfim, recebeu uma motoniveladora e uma escavadeira para melhorar a mecanização dos trabalhos de preparo de solo, plantio e colheita dos agricultores familiares.

O território foi favorecido ainda com o convênio de regularização fundiária com o Consórcio de Desenvolvimento Sustentável. A medida deve regularizar a emissão de dois mil títulos de terra, com um investimento de mais de R$ 1 milhão. Na ocasião, Rui também entregou duas placas referentes a 336 cisternas de 52 mil litros e 240 barreiros trincheira para os municípios de Caldeirão Grande, Filadélfia, Pindobaçu, Ponto Novo, Mirangaba, Saúde e Várzea Nova. Durante a solenidade, o governador assinou o decreto de regulamentação da Lei Estadual de Convivência com o Semiárido (13.572/2016), que estabelece um conjunto de princípios e diretrizes para o desenvolvimento da região semiárida. Trata-se de um instrumento de gestão e planejamento intersetorial e transversal de políticas e programas governamentais, além de ações da sociedade civil. O objetivo é fortalecer e promover a autonomia das populações, através da inclusão socioprodutiva e geração de emprego e renda.(Bahia Notícias)

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Barreiras: Calor faz com que colégios e creches mudem a rotina dos estudantes

O calor que está assolando a região oeste da Bahia desde o início de outubro …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *