sexta-feira ,17 novembro 2017
Página Inicial / Polícia / Correntina-BA: Presidente de Câmara e outros quatro vereadores são presos

Correntina-BA: Presidente de Câmara e outros quatro vereadores são presos

Foto: Reprodução/ Correio

O presidente da Câmara Municipal de Correntina, no Oeste baiano, Wesley Campos Aguiar (PV), conhecido como Maradona, e mais quatro vereadores do município foram presos nesta quinta-feira (26) na operação Último Tango, deflagrada pelo Ministério Público estadual (MP-BA), por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco).

Segundo os promotores de Justiça do Gaeco, todos os presos estão envolvidos na formação de organização criminosa suspeita de fraudar processos licitatórios e contratos no Município, desviar verbas públicas mediante pagamento de gratificações indevidas a servidores e realizar exigências ilícitas ao prefeito, inclusive entrega de propina de R$ 50 mil para alguns vereadores em troca da aprovação de projetos de lei.

O objetivo da operação, segundo o MP-BA, é reprimir delitos contra a administração pública, licitações e contratos no âmbito da Câmara de Vereadores de Correntina, município situado a cerca de 920 km de Salvador.

Foram cumpridos quatro mandados de prisão preventiva, quatro de prisão temporária e três de condução coercitiva expedidos pela Vara dos Feitos Relativos a Delitos Praticados por Organizações Criminosas de Salvador.

A ação contou com o apoio da Coordenadoria de Segurança Institucional e Investigação (CSI), Centro de Apoio Operacional às Promotorias Criminais (Caocrim), Centro de Apoio Operacional de Proteção às Promotorias de Proteção da Moralidade Administrativa (Caopam), de promotores de Justiça e das polícias Rodoviária Federal, Civil e Militar que auxiliaram no cumprimento dos mandados.

Maradona

Na cidade, a notícia da prisão de Maradora foi recebida com surpresa pelos moradores. A dona de casa Kátia Pereira, 32 anos, conta que ele é famoso no município por ser dentista. Além de ter o próprio consultório, Maradona atendia pacientes no posto de saúde local. “Ele tem muitos pacientes e muita gente gosta dele. Parecia honesto, para mim, mas, no final das contas, as aparências enganam”, afirma.

Outro morador, que não quis se identificar, contou que, há pouco tempo, o presidente da Câmara tinha pintado a atual sede da casa legislativa de verde. “Ele era uma pessoa que se dava bem com todo mundo, mas não tinha muito o que fazer mesmo. Era só conversa de fazer, fazer, fazer, mas não tinha muita ação”, comentou.

Ao CORREIO, o vice-presidente estadual do PV, Ivanilson Gomes, afirmou que ainda não tinha sido notificado sobre a prisão de Maradona. No entanto, garantiu que o partido tomaria providências. “Se o cara cometeu um erro, o partido não tolera nenhum desvio de dinheiro público. Sendo comprovado, obviamente, esse vereador vai sofrer sanções e ser afastado de forma definitiva, vai ser expulso”, disse, por telefone.

O prefeito da cidade, Nilson José Rodrigues, conhecido como Maguila, não foi localizado para comentar o caso. (As informações e foto são do Jornal Correio24horas)

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Corpo de corretor desaparecido há mais de 4 meses é encontrado enterrado em Barreiras

Desaparecido há mais de quatro meses, um corretor de grãos foi encontrado morto nesta terça-feira …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *