quarta-feira ,23 agosto 2017
Página Inicial / Política / Daniel Almeida teria recebido R$ 400 mil como ‘auxílio, afirmam delatores da Odebrecht

Daniel Almeida teria recebido R$ 400 mil como ‘auxílio, afirmam delatores da Odebrecht

Fotos: Virgínia Andrade / Bahia Notícias

O deputado federal Daniel Almeida (PDdoB-BA) teria recebido R$ 400 mil em vantagens indevidas, de acordo com os delatores da Odebrecht, Alexandre José Lopes Barradas e José de Carvalho Filho. A quantia de R$ 300 mil teria sido entregue ao parlamentar em 2012 para contribuição da campanha eleitoral de Isaac Carvalho, então candidato à prefeitura de Juazeiro. Os outros R$ 100 mil foram entregues “como auxílio”, de acordo com os colaboradores em um posto no Jardim de Alah. De acordo com eles, os pagamentos não foram contabilizados pelo Setor de Operações Estruturadas da Odebrecht.

O inquérito ainda revela que os apelidos de Daniel Almeida eram “Comuna” e “Passivo” no sistema “Drousys”. O Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, sustentou que há indícios quanto aos crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e corrupção ativa. Daniel Almeida é deputado federal e, por conta disso, tem prerrogativa de foro privilegiado. Dessa forma, o inquérito será realizado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), no entanto, o Ministério Público poderá, agora, após determinação do ministro Edson Fachin, investigar o caso. O documento não tramita mais em sigilo.(Bahia Notícias)

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

MP-BA denuncia ex-prefeito de Iraquara por subtrair documentos públicos

O Ministério Público da Bahia (MP-BA) denunciou o ex-prefeito do Município de Iraquara, Landualdo Barros …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *