quinta-feira ,20 julho 2017
Página Inicial / Política / Denúncia contra Temer: Maioria de baianos fica em cima do muro; apenas 3 são contra

Denúncia contra Temer: Maioria de baianos fica em cima do muro; apenas 3 são contra

Foto: Divulgação

A denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o presidente Michel Temer precisa de 342 votos para passar para o Supremo Tribunal Federal (STF). Dos 39 deputados federais baianos na Câmara dos Deputados, 15 se declararam a favor da admissibilidade da denúncia, 17 não quiseram responder, 4 se declararam indecisos e 3 são contra a denúncia apresentada pela PGR.

Os deputados Lucio Vieira Lima (PMDB), José Rocha (PR) e Arthur Oliveira Maia (PPS) declaram ser contra a denúncia. Os parlamentares Afonso Florence (PT), Alice Portugal (PCdoB), Bacelar (Pode), Bebeto (PSB), Caetano (PT), Daniel Almeida (PCdoB), Davidson Magalhães (PCdoB), Félix Mendonça Júnior (PDT), Jorge Solla (PT), Nelson Pellegrino (PT), Robinson Almeida (PT), Uldurico Junior (PV), Valmir Assunção (PT), Waldenor Pereira (PT-BA) e Jutahy Junior (PSDB) disseram ser a favor da denúncia. O caso ainda está na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

Os parlamentares integrantes do colegiado deverão votar a questão na sexta-feira (14), mas o projeto será discutido a partir de quarta-feira (12). Após diversas tentativas do governo de agilizar a votação da denúncia e de configurar maioria dentro da CCJ, a maior parte dos deputados baianos – 17 – preferiram não responder quais são os seus posicionamentos.

Foram eles: Antonio Brito (PSD), Benito Gama (PTB), Cacá Leão (PP), Elmar Nascimento (DEM), Erivelton Santana (PEN), Irmão Lazaro (PSC), João Carlos Bacelar (PR), João Gualberto (PSDB), José Carlos Aleluia (DEM), José Nunes (PSD), Márcio Marinho (PRB), Marcos Medrado (SD), Mário Negromonte Jr (PP), Pastor Luciano Braga (PRB), Paulo Azi (DEM), Ronaldo Carletto (PP) e Sérgio Brito (PSD). Para além daqueles que não quiseram dizer os seus votos, estão aqueles que se dizem indecisos, como os deputados Claudio Cajado (DEM), José Carlos Araújo (PR), Paulo Magalhães (PSD) e Roberto Britto (PP). O levantamento foi realizado pelo “Placar Estadão” do jornal Estado de S. Paulo.(Bahia Notícias) 

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

MPF denuncia três pessoas por prejuízo de R$ 1 milhão ao Banco do Nordeste por fraude

O Ministério Público Federal na Bahia (MPF-BA) denunciou Antônio Carlos Araújo dos Santos, Luzimario da …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *