quarta-feira ,18 outubro 2017
Página Inicial / Economia / Empréstimo de R$ 600 milhões do BB ao governo do Estado é liberado

Empréstimo de R$ 600 milhões do BB ao governo do Estado é liberado

Foto: Divulgação

Pivô de conflito regional, o empréstimo do Banco do Brasil ao governo da Bahia, no valor de R$ 600 milhões, foi finalmente liberado, conforme extrato do contrato da operação publicado nesta terça-feira (22) no Diário Oficial do Estado (DOE). O empréstimo estava em negociação desde o primeiro semestre deste ano, mas, de acordo com o senador Otto Alencar (PSD), teria sido retido após interferência do DEM, com a participação do prefeito de Salvador, ACM Neto. O congressista foi informado da articulação pelo próprio presidente Michel Temer.

“Há pouco tempo, uma hora e meia, [o presidente nacional do PSD, Gilberto] Kassab me ligou e o presidente da República me ligou – eu até agradeço a atenção de Michel Temer – e ele disse que teria que convencer o Democratas para poder assinar. O que significa que existe essa pressão do Democratas para que a Bahia não seja beneficiada com empréstimo”, relatou Otto, no dia da votação da denúncia apresentada pela Procuradoria Geral da República (PGR) contra o peemedebista.  O empréstimo havia sido autorizado no dia 13 de julho, mas foi suspenso no mesmo dia. O governador Rui Costa chegou a se pronunciar sobre o caso e disse ter expectativa de que o presidente não se deixasse levar por disputas regionais.

Assinado no último dia 1º, o empréstimo será destinado a custear despesas de capital (investimentos fixos) constantes no Programa de Ajuste Fiscal que foi vinculado ao Contrato de Refinanciamento firmado entre o Estado com a União. Os R$ 600 milhões também serão usados para custear despesas previstas na Lei Orçamentária Anual (LOA) 2017 do estado e de exercícios subsequentes. A operação foi feita a uma taxa de 118% da taxa do CDI/OVER ao ano. Após o período de carência, a amortização começa no dia 1º de agosto de 2018, com 15 parcelas semestrais com vencimento sempre nos meses de fevereiro e agosto de cada ano – encerrando o pagamento da dívida, portanto, em agosto de 2025. (Bahia Notícias)

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Eternit na BA pode ser condenada a indenizar sociedade em R$ 225 mi por uso de amianto

A ação trabalhista que pede a maior condenação de indenização por danos morais coletivos – …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *