quinta-feira ,23 novembro 2017
Página Inicial / Áudio / ENTREVISTA: Marcão da Pangola, eleito em 3º Lugar com 1.048 votos

ENTREVISTA: Marcão da Pangola, eleito em 3º Lugar com 1.048 votos

marcaoA coluna PAPO COM GAROTINHO, cumprindo a meta de entrevistar os três mais bem votados nas últimas eleições, traz hoje Marcos Pangola, vereador eleito com 1.048 votos. Foi um longo papo com Nerisvaldo Sobrinho, no Política em Foco da Rádio Nova FM (99.7) realizado nesta sexta (07).

Nerisvaldo – Marcos Pires Ferreira Vaz, mais conhecido como Marcão da Pangola, foi surpresa a votação que você teve?

Marcão da Pangola – Sim. Agradeço a todos os eleitores. Estou muito feliz. E descobri que não sou tão conhecido como pensava que eu era. Mas com nosso trabalho durante a campanha, de corpo a corpo, casa em casa, reuniões com o povo, no final tivemos uma surpresa que eu não esperava. Muitos não acreditavam em minha vitória, mas eu sim, eu acreditava, mas não com essa expressividade. Quero agradecer, mas quero a atenção deles para que me acompanhe nesses quatro anos. Quero surpreender como vereador, quero fazer o melhor mandato.

Nerisvaldo – Você está ligado à política com serviços prestados, mas não é político. Então nos diz, quem é Marcos Pangola?

Marcão da Pangola – Sou natural de Seabra, nasci numa pequena localidade nas proximidades do Cochó do Malheiro. Minha família era extremamente pobre, muito carente. Até os 13 anos de idade vivemos uma situação muito difícil. Só não nos faltava a alimentação. Trabalhei até os 16 anos em uma olaria de tijolos na Prata e no Chifre de Boi, depois fui ser servente de pedreiro do meu pai. Concluí meu ensino médio no Centro Educacional de Seabra. Morei em Salvador dos 18 aos 25 anos. Sou Técnico em Contabilidade, não bacharelado. Comecei um curso de direito em Feira de Santana, mas abandonei para vir trabalhar numa prefeitura aqui da região. Foi numa empresa de consultoria contábil, a BI Contabilidade Pública. Aprendi muito. Foi minha faculdade. Trabalhei com mais de 30 prefeituras e câmaras. Por isso tenho vasto conhecimento nessa área. Hoje administro uma empresa de locação de veículos e ainda trabalho com mais duas prefeituras: Iraquara e Souto Soares.

Nerisvaldo – Você tem certeza que está preparado para ser vereador, para representar, não só seus eleitores, mas a cidade, na câmara de vereadores?

Marcão da Pangola – Sim. Eu não tenho dúvida que estou preparado. Não por ter conhecimento técnico na área, mas por ter vontade. Querer fazer. Quero atuar em cima das deficiências do Município. O papel do vereador não é executar. Expliquei isso nas comunidades que fiz reuniões. Nosso papel é elaborar projeto de lei que defenda seu eleitorado e todo o município. Minha atuação vai ser com bastante afinco em cima da elaboração dos projetos. Alguns já estão disponíveis em minha página no facebook. Peço que curtam minha página, para acompanhar, opinar e sugerir. Quero me aproximar mais dos vereadores eleitos, quero conhecê-los melhor e me fazer ser conhecido por eles.

Nerisvaldo – Sua campanha teve uma certa autonomia, você foi eleito como parte da futura situação. Em 2017, vai estar junto ao prefeito ou vai continuar com essa autonomia como vereador?

Marcão da Pangola – Quero deixar isso bastante claro. Tive muitas especulações tanto no grupo contrário como no meu próprio grupo por conta dessa autonomia. Foram situações desagradáveis. Mas relevei. Essa autonomia foi justamente para não ficar preso a ninguém, não quero ninguém determinado o que eu deva fazer. Nem vereador do lado A ou lado B. Tampouco prefeito. Quero agir pelos meus sentimentos e pensamentos, de acordo com as ideias do eleitorado.

Nerisvaldo – O Neto da Pousada em entrevista aqui, deu uma resposta muito forte. Hoje ele faz parte da situação, no futuro oposição. Mas ele disse que a partir de janeiro vai estar com quem o povo dele estiver. Seria mais ou menos isso a sua resposta?

Marcão da Pangola – Não. Minha resposta é que em 2017 estarei com a futura situação. Tenho diálogo afiando com Fábio Lago Sul. Estou acompanhando o grupo dele. Minha autonomia despertou mesmo dúvidas de que lado estaria.  Quero que todos os vereadores coloquem o pé no chão, analisem as coisas de maneira criteriosa. Vejo o vereador Lauro bastante consciente, tendo muito apoio das pessoas. E quero junto com ele, com Neto, com Marcílio, com Marinho, que é meu primo, com Janete, com Jorginho, com todos os vereadores eleitos, quero ter uma reunião. Quero participar junto com eles de uma administração bastante transparente. Quero que o presidente que for eleito faça uma abertura máxima das sessões na câmara. Por rede social o outro meio de comunicação. O papel da câmara além de fiscalizar e também dar transparência à gestão.

Nerisvaldo – Você teve uma votação bastante expressiva, mais de mil votos. E com essa votação é normal haver conversas sobre presidência. Existe interesse em presidir a câmara de vereadores de Seabra?

Marcão da Pangola – Eu realmente tenho essa intenção de ser presidente da câmara. Antes minha maior intenção era ser candidato a vereador para ter participação nas apresentações de projetos, mas como presidente pode-se ter um espaço maior. Mas depois das eleições observo uma disputa muito grande, muito acirrada por essa presidência. Aprendi que temos que tentar de tudo, mas quando vê que não é para gente, melhor recuar. Sou assim na vida, sou assim no lado profissional.

Nerisvaldo – Você quer dizer que…?

Marcão da Pangola – Não. Isso não quer dizer que desisti. Vou fazer alguns contatos. Quero dialogar com todos os vereadores e ver a posição deles. Já fui procurado por alguns. Quero ouvi-los. Caso Marcão não consiga a maioria, vou ver o mais preparado e apoiá-lo. Por tendência natural seria Marinho, meu primo, mas vai depender de diálogo. Estou aberto a todos.

E após considerações finais onde se propõe a sentar com a ACISE e o comércio para debater legislação municipal, com foco na Lei Orgânica e também com o pessoal do Hospital para compreender a filantropia e usar disso para que a prefeitura entre com ajuda financeira, encerra-se a entrevista de Marcão da Pangola, terceiro vereador mais bem votado de Seabra em 2016 com 1.048 votos.

O Programa Resumo da Manhã vai ao ar de segunda à sexta das 12hs às 14hs. 99.7

Ouça a entrevista na integra.

 

Da Redaçao

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

UPB pede que governo antecipe ICMS de janeiro para cobrir municípios em crise

A União dos Municípios da Bahia (UPB) enviou há 15 dias um ofício para o …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *