sexta-feira ,24 novembro 2017
Página Inicial / Polícia / Feira de Santana: Defensoria constata superlotação em presídio e falta de vestuário

Feira de Santana: Defensoria constata superlotação em presídio e falta de vestuário

Foto: DP-BA

A Defensoria Pública da Bahia realizou uma inspeção no Conjunto Penal de Feira de Santana para identificar problemas mais urgentes enfrentados pelos presidiários. Na inspeção, foi observado que os problemas mais frequentes estão relacionados a saúde e dignidade dos detentos. Também foi constatadas superlotação e falhas no processo de tratamento de enfermidades infecto contagiosas (diagnóstico, acompanhamento e conclusão).

Uma delas é a tuberculose. “Esse tipo de cuidado deve ser realizado, periodicamente, para monitorar as condições do cárcere, servindo para subsidiar reivindicações ao Estado e proporcionar aos internos, um tratamento mais digno e humano, tão caros para a efetiva e esperada ressocialização daqueles que transgridem a lei penal”, afirmou o defensor público Marcelo Rocha. Ele ainda diz que a inspeção foi o primeiro ato de um mutirão carcerário, que enfrentará nos próximos dias, 100% dos presos provisórios assistidos pela Defensoria Pública da Bahia, na comarca de Feira de Santana.

Foi possível observar, também, a falta de fardamento para os internos – incluindo calçados, o que tornaria o cárcere ainda mais penoso, principalmente na época de frio. Queixas diversas sobre a falta de colchões também foram colhidas. A visita ao conjunto penal de Feira de Santana ocorreu na quarta-feira (27).(Bahia Notícias)

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

SEABRA: Moça é estuprada por ex-namorado após fim do namoro

Na última segunda-feira (20) uma moça, de 19 anos, compareceu à Polícia Civil de Seabra …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *