quinta-feira ,17 outubro 2019
Página Inicial / Entretenimento / Globo determina que Luciano Huck não voltará a emissora se for candidato a presidência

Globo determina que Luciano Huck não voltará a emissora se for candidato a presidência

Luciano Huck, apresentador do “Caldeirão”, da Rede Globo, poderá não voltar a emissora a qual trabalha há 19 anos caso se torne candidato na próxima eleição presidencial marcada para 2022. De acordo com um comunicado da emissora enviado ao jornalista Tales Faria, do UOL, se Huck optar pela vida política ele irá ferir uma das regras que compõe os princípios editoriais da emissora.

“Diante das especulações de que seria candidato, a Globo o procurou para saber se de fato ele concorreria à Presidência  e enfatizar que, se assim fosse, teria de se submeter às regras da emissora, segundo as quais a vida político-partidária é incompatível com a permanência nos quadros da Globo, mesmo depois do processo eleitoral. Tais regras estão em vigor e são válidas para todos os talentos da emissora. E visam a resguardar a postura de completa isenção da Globo. Na conversa, como a emissora esperava, Luciano Huck foi franco, correto e aderente às regras mencionadas”, informou a Globo em nota.

O desejo de entrar para a política e pleitear o cargo máximo do Executivo se tornou pauta na vida de Huck no período pré-eleitoral da última eleição presidencial. Como relembrou o portal Caras, ao anunciar a possibilidade de concorrer ao cargo, Luciano sofreu diversas críticas e acabou desistindo pela candidatura. Huck e Angélica chegaram, inclusive, a participar do “Domingão do Faustão”, para esclarecer que não iria se tornar candidato em 2018.

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Com ‘sinal verde’ de Wagner, PT planeja lançar senador ao governo do estado em 2022

O senador Jaques Wagner (PT) tem a pretensão de voltar ao cargo de governador a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *