domingo ,8 dezembro 2019
Página Inicial / Saúde / Gravatas de médicos podem transportar bactérias causadoras de doenças, revela estudo

Gravatas de médicos podem transportar bactérias causadoras de doenças, revela estudo

Uma peça de roupa usada por médicos e estudantes de Medicina pode ser um foco de contaminação de bactérias: a gravata. A verificação foi feita pelos pesquisadores brasileiros Fernando de Andrade Quintanilha Ribeiro, Alessandra Navarini e Marina Pelicice Marcato e publicada na revista Arquivos Médicos, da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.

Os cientistas coletaram amostras de microrganismos da superfície de gravatas e camisas de médicos de um hospital-escola localizado em São Paulo. O mesmo procedimento foi realizado com estudantes de Direito de uma universidade na mesma localidade.

Após a coleta, análises da contaminação das amostras dos dois ambientes foram feitas. Os cientistas ainda verificarem o perfil de sensibilidade de bactérias que não pertencem à microbiota normal – ou seja, que não são comuns em um organismo humano saudável.

Por fim, a conclusão dos especialistas foi de que as gravatas usadas por médicos e alunos de Medicina eram mais contaminadas do que aquelas que pertenciam aos estudantes de Direito.

Com os resultados, os pesquisadores fizeram um alerta para os profissionais de saúde. Mesmo com a higienização das mãos, eles podem se recontaminar pelo contato com as gravatas.

Reportagem da revista Galileu ainda destaca que a pesquisa mostra que não houve diferença significativa na contaminação das camisas entre os profissionais do Direito e da Medicina. A explicação, segundo o estudo, é de que as camisas são normalmente higienizadas, enquanto as gravatas não.

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Mulher perde visão de um olho temporariamente por usar demais smartphone

O uso excessivo do smartphone fez com que uma chinesa perdesse a visão de um …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *