domingo ,20 outubro 2019
Página Inicial / Saúde / Hemoba lança campanha para fidelizar doadores de sangue com homenagens

Hemoba lança campanha para fidelizar doadores de sangue com homenagens

Hemoba Seabra/Foto: Google Earth

A Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (Hemoba) lançou a campanha “Seja um doador fidelizado”. Desta forma, a instituição pretende reforçar a importância das doações regulares de sangue, sensibilizar novos doadores e fidelizar os existentes. A expectativa para este ano é homenagear os doadores voluntários que comparecem regularmente às unidades da Hemoba, além de reforçar a importância dessa atitude. Na segunda (20), começou a Semana Nacional do Doador de Sangue, que encerra neste sábado (25).

Durante a semana, foram realizadas diversas atividades para os voluntários que compareceeu nas 28 unidades de coleta que estão distribuídas em todo o estado da Bahia. O evento é comemorado sempre na última semana do mês de novembro em alusão ao Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue, celebrado no dia 25. Em Salvador, os eventos festivos acontecem no hemocentro coordenador, localizado na Ladeira do Hospital Geral do Estado – HGE, em Brotas; além das unidades móveis de coleta (Hemóveis), que atendem na Faculdade Social da Bahia (Ondina) e no Shopping da Bahia, durante a Semana.

No interior do estado, são mais 21 unidades preparadas para receber os candidatos voluntários com uma programação especial em homenagem aos doadores. Para doar sangue, o voluntário deve estar em boas condições de saúde, pesar acima de 50 quilos, sendo necessário estar bem alimentado, tendo, preferencialmente, ingerido alimentos sem gordura. O doador precisa ter entre 16 e 69 anos de idade (menores de 18 anos devem estar acompanhados por um responsável legal) e apresentar documento original com foto, emitido por órgão oficial e válido em todo o território nacional.(Bahia Notícias)

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Brasil tem 10,7 milhões de pessoas com deficiência auditiva

O Brasil possui 10,7 milhões de pessoas com deficiência auditiva, segundo um estudo feito em …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *