domingo ,21 outubro 2018
Página Inicial / Noticias / Ibiquera: Profissionais da imprensa são proibidos de fotografar, filmar e ficar na sessão da Câmara

Ibiquera: Profissionais da imprensa são proibidos de fotografar, filmar e ficar na sessão da Câmara

Na noite da última sexta-feira (16/02) a equipe de reportagem do portal Seligachapada foi impedida de permanecer na sessão da Câmara Municipal, fotografar, filmar ou gravar áudio por ordem do presidente da casa legislativa de Ibiquera, o edil Josafá Barreto de Almeida.

Obedecendo a ordem a equipe ficou do lado de fora da Câmara Municipal até que a sessão terminasse para assim tentar descobrir o porque do impedimento, a equipe se quer chegou a ligar os equipamentos, simplesmente quando começou a montar a estrutura, o presidente da Câmara Josafá Barreto, interrompeu a leitura da ata da sessão passada, no momento em que a vereadora Joselina fazia o uso da palavra, para pedir que os profissionais se retirassem do local com os equipamentos e ainda proibiu que qualquer pessoa no recito fizesse fotos, videos ou áudios, alegando que não permitia por direito de imagem e que não havia convidado a impressa por oficio.

Na saída apenas dois vereadores se pronunciaram sobre o ocorrido, o vereador Fernando do caminhão e o Vereador Francisco Rafael, sendo que foi franqueada a palavra para todos com exceção do presidente da Câmara que saiu despercebido pela equipe que o esperavam para obter alguma resposta, e da vereadora Leninha que não compareceu a sessão.

Os profissionais esperam que seja emitida uma nota explicativa pelo presidente da casa, e que explique o porque da proibição, até mesmo os vereadores desconhecem algum artigo no regimento interno que proíba a cobertura jornalistica das sessões, tanto que em cidades vizinhas como itaberaba a casa legislativa faz questão de transmitir toda a sessão ao vivo. O mais interessante é que apenas o seligachapada foi impedido de fazer o trabalho, pois no local havia outra imprensa que permaneceu até o final da sessão, porém preferiu não se pronunciar.

O roteiro da matéria jornalistica seria então apresentar a população os trabalhos dos vereadores, com uma filmagem da sessão e a fala dos vereadores.

Veja o que diz o artigo Artigo 220 da Constituição Federal.

Artigo 220. A manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo não sofrerão qualquer restrição, observado o disposto nesta Constituição .
§ 1º Nenhuma lei conterá dispositivo que possa constituir embaraço à plena liberdade de informação jornalística em qualquer veículo de comunicação social, observado o disposto no art. 5º, IV, V, X, XIII e XIV.

(Fonte: VR 14)

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Chapada: Cipe bate novo recorde e agora são nove meses sem ataque a bancos na região

Agora são nove meses sem ataque a bancos na região da Chapada Diamantina. O novo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *