segunda-feira ,23 outubro 2017
Página Inicial / Polícia / Ipirá-BA: Presos liberam refém após rebelião; celas foram destruídas

Ipirá-BA: Presos liberam refém após rebelião; celas foram destruídas

Foto: Reprodução

Os presos rebelados na delegacia de polícia do município de Ipirá liberaram o refém na tarde desta segunda-feira, 13 de março de 2017.

O carcereiro Roseval Pereira, de 52 anos, que fiscaliza os detentos da unidade policial, ficou dentro da unidade desde o início do motim. Ele é conhecido popularmente como ‘Farracho’.

Pereira disse para a imprensa local que “foi bem tratado pelos presos e que passa bem”. Segundo informações, todas as celas foram alvo de depredação, inclusive com grades arrancadas. Na unidade estão detidos 35 presos acusados de diferentes crimes.

Os presos reivindicam a liberação de roupas e colchões, e ainda exigem a presença de um juiz, promotor e de uma emissora de TV.

De acordo com informações da Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), os homens reivindicam ainda transferências para outras delegacias da região, além de visita íntima nas celas. Agentes da Coordenação de Operações Especiais (COE) da Polícia Civil foram acionados e estão no local.

Presos rebelados em Ipirá. Foto: Reproduçao

A confusão começou no momento do banho de sol e ainda não foi controlada. As negociações estão sendo acompanhadas pelo delegado Caryl Oliveira, pelo coordenador Adolfo, e pelas Polícia Militar e Coordenadoria de Operações Especiais (COE).

Ainda conforme dados, os presos colocaram fogo nas celas e barulhos de explosão foram ouvidos por volta das 15h. Na área externa, parentes buscam informações sobre os internos. Um preso passou mal e foi atendido por ambulância, após a polícia entrar no pátio.

Fim da rebelião:

Por volta das 15h30min, dessa segunda (13), findou-se a rebelião da delegacia da cidade de Ipirá. Segundo informações depois de uma intensa negociação os presos acharam por bem se entregar. A Polícia está realizando uma varredura nas celas para ver se encontra armas e drogas no local.

As autoridades irão decidir o que será feito com os presos uma vez que os mesmos destruíram a maioria das celas. (Informações Jornal da Chapada e Acorda Ipirá)

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Dodge aponta Geddel como ‘líder de organização criminosa’

Em manifestação ao Supremo Tribunal Federal (STF) a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, disse que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *