domingo ,17 fevereiro 2019
Página Inicial / Polícia / Irecê: ‘Falta de empresas’ em licitação impede funcionamento de presídio, diz Seap

Irecê: ‘Falta de empresas’ em licitação impede funcionamento de presídio, diz Seap

A inauguração do presídio de Irecê, no centro norte, só deve ocorrer após a licitação que vai escolher a có-gestora do local. A falta do conjunto penal, já pronto há cerca de dois anos, foi motivo de crítica do delegado Ernandes Júnior, titular da carceragem onde 15 presos fugiram na manhã do domingo (19), um já foi recapturado (ver aqui).

Segundo a Secretaria de Administração Penitenciaria e Ressocialização (Seap), o novo presídio não foi ainda inaugurado porque não houve empresas que se candidataram na última licitação. Uma nova data será marcada em março para definir quem administrará o presídio. Após a definição, o presídio deve funcionar imediatamente. A co-gestora será responsável por itens como manutenção do local e contratação de funcionários. Ainda segundo a Seap, o presídio de Irecê comportará 526 presos quando estiver em funcionamento. (Bahia Notícias)

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Morro do Chapéu: Homem é cruelmente assassinado durante assalto em Povoado de Duas Barras

Nesta quarta-feira dia 13,  por volta das 17 horas, na localidade de Fazenda Descoberta, Povoado de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *