domingo ,22 outubro 2017
Página Inicial / Economia / Lençóis: MPF recomenda que órgãos garantam direitos de comunidade quilombola em Lençóis

Lençóis: MPF recomenda que órgãos garantam direitos de comunidade quilombola em Lençóis

Órgão busca a efetiva prestação de segurança pública após a chacina ocorrida na comunidade de Iúna, que deixou seis mortos; recomendações também visam a garantir o direito à educação dos moradores | FOTO: Jornal da Chapada |

O Ministério Público Federal (MPF) em Irecê emitiu, no dia 24 de agosto, recomendações à Secretaria de Segurança Pública do Estado da Bahia (SSP-BA), às Polícias Civil e Militar do Estado da Bahia e à prefeitura de Lençóis, na Chapada Diamantina, para que adotem medidas que visem garantir o direito à vida, à integridade física e à educação dos quilombolas da comunidade de Iúna, localizada no município. As recomendações resultam de procedimento instaurado pelo MPF para acompanhar a investigação da chacina ocorrida no quilombo no último dia 6 de agosto, quando seis integrantes da comunidade foram assassinados dentro do território.

Desde então, de acordo com o procurador da República Márcio Albuquerque de Castro, a comunidade “vive sob contínuo e severo estado de medo”. Nas recomendações, o MPF destacou que o crime acarretou na saída de muitas famílias do quilombo: das 42 que ali residiam, restam apenas 12, cujas crianças deixaram de frequentar a escola, por medo de novos ataques. O MPF recomendou que a SSP-BA e as Polícias Civil e Militar empreguem medidas para garantir o direito à vida, à integridade física e ao patrimônio dos quilombolas, inclusive com envio periódico de rondas ao local; e que atendam prontamente às ocorrências na comunidade, especialmente com investigações céleres e minuciosas.

A prefeitura de Lençóis deverá disponibilizar apoio logístico aos quilombolas que desejem retornar à Comunidade de Iúna, assim como auxílio psicológico ou psiquiátrico a todos os seus integrantes. De forma conjunta, os órgãos estaduais e a prefeitura de Lençóis deverão, ainda, adotar providências para a imediata retomada das aulas na Comunidade de Iúna. As informações são do MPF-BA.

Confira a íntegra das recomendações:

Secretaria de Segurança Pública

Polícia Civil

Polícia Militar

Prefeitura do Município de Lençóis

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Dodge aponta Geddel como ‘líder de organização criminosa’

Em manifestação ao Supremo Tribunal Federal (STF) a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, disse que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *