domingo ,8 dezembro 2019
Página Inicial / Polícia / Livramento-BA: Morre mulher que teve 60% do corpo queimado após tio jogar gasolina e atear fogo.

Livramento-BA: Morre mulher que teve 60% do corpo queimado após tio jogar gasolina e atear fogo.

Ângela Cristina da Silva Trindade, de 30 anos, que estava internada no Hospital Geral do Estado (HGE), em Salvador após ter cerca de 60% do corpo queimado por um homem identificado como José Alcântara, de 66 anos, na localidade de Mucambo, zona rural de Livramento de Nossa Senhora, veio a óbito na manhã desta quarta-feira (13). O crime ocorreu no último dia 11 de outubro e José foi preso na madrugada do dia seguinte, no município de Paramirim.  Quando o fato ocorreu, José iniciou uma briga com um irmão, identificado como Isnas Alcântara, porque ele estaria com o som do carro alto. Durante a confusão, segundo informações da Polícia Civil, José pegou uma garrafa com combustível para atear fogo no veículo de Isnas. A sobrinha do idoso e o marido dela tentaram impedir a briga entre José e Isnas e acabaram queimados.

O irmão do idoso conseguiu sair do local sem ferimentos. Angela teve cerca de 60% do corpo queimado. Ainda segundo a polícia, o esposo dela, identificado como Aurélio Silva Oliveira, de 29 anos, também sofreu queimaduras de menores proporções pelo corpo ao socorrer a vítima. Ângela foi socorrida por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192) e encaminhada para Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24h) de Livramento de Nossa Senhora. Em seguida, foi transferida para o setor de queimados no HGE. Segundo as investigações, o suspeito já havia tido outras discussões com o irmão, Isnas, por causa de uma herança da família. O idoso foi autuado por dupla tentativa de homicídio na Delegacia Territorial (DT) de Livramento e está custodiado na unidade à disposição da Justiça. (Fonte: Sudoeste Bahia)

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Torcedor símbolo do Flamengo morre durante operação do Bope em favela do Rio de Janeiro

Na madrugada desta quinta-feira (5), uma operação do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), terminou …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *