Página Inicial / Educação / Mais de 1,1 mil detentos fazem Enem em 15 cidades baianas

Mais de 1,1 mil detentos fazem Enem em 15 cidades baianas

Em todo o país, 78% tentará a certificação do ensino médio por meio do exame. Na Bahia, 764 querem a certificação

O Ministério da Educação realiza nesta terça-feira (13) e quarta-feira (14) o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para os detentos. Na Bahia, 1.195 pessoas privadas de liberdade farão as provas em 15 cidades baianas. No total, os detentos serão distribuídos em 124 salas de aplicação nos 25 locais de prova montados nas unidades prisionais.

No país, são 54.358 inscritos de unidades prisionais e socioeducativas, de acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). A maior parte deles, 78% (42.490), tentará a certificação do ensino médio por meio do exame. Na Bahia, 764 querem a certificação.

Para isso, os candidatos precisarão alcançar pelo menos 450 pontos em cada uma das áreas de conhecimento das provas e nota acima de 500 pontos na redação.

As provas para pessoas privadas de liberdade estavam inicialmente marcadas para os dias 6 e 7 de dezembro. A data foi alterada após o agendamento da segunda aplicação do Enem, que ocorreu nos dias 3 e 4 para pessoas inscritas na aplicação regular que tiveram as provas remarcadas por conta de ocupações de escolas, universidades e institutos federais e por imprevistos como falta de luz. (As informações são do Correio)

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Governo avalia adotar Enem nas universidades estaduais da Bahia

Como forma de reduzir o custo nas universidades estaduais, a Secretaria de Educação da Bahia …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *