sábado ,21 outubro 2017
Página Inicial / Sem categoria / Manifestantes pedem intervenção militar e citam direitos perdidos

Manifestantes pedem intervenção militar e citam direitos perdidos

Foto: Estela Marques/Bahia Notícias.

Grupos que reivindicam intervenção militar se manifestaram durante toda a manhã desta quinta-feira (07) no desfile de Independência do Brasil, utilizando cartazes e até mesmo pintando palavras de ordem no asfalto. “A cada dez minutos uma criança de 10 a 17 anos é assassinada no Brasil. A cada dez minutos, uma mulher é estuprada no Brasil. Os três Poderes estão corrompidos, nenhum político representa o povo brasileiro. A história diz: tinha educação, saúde, segurança”, reclama Elias Souza, participante do grupo.

Ele ressalta que outros grupos intervencionistas estão realizando atos em todo o Brasil nesta quinta – o que atua na capital baiana completou 26 dias de protestos. “Fazendo buzinaço no Iguatemi, com toda educação, sem impedir o direito de ir e vir”, explica. Outra manifestante, Neilda Girodeli, justifica a campanha com a perda dos diretos trabalhistas. “Procure, seu professor de história te enganou. Carteira de Trabalho, Fundo de Garantia, o antigo INPS, foi tudo direito que os nosso militares na época deram. E agora Temer vai tirar. Não é só Temer não. O PT, o PSDB, toda essa classe política que está destruindo o Brasil, tirando direito dos trabalhadores que foram dados pelo governo militar”, avalia. (Bahia Notícias)

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Saeb: Seis tipos de processos administrativos passam a tramitar eletronicamente

A Secretaria da Administração (Saeb) publicou, no Diário Oficial do Estado (DOE), a Portaria número …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *