Página Inicial / Educação / Ministro da Educação defende fim do ensino noturno no Brasil

Ministro da Educação defende fim do ensino noturno no Brasil

O ministro da Educação, Mendonça Filho, defendeu, nesta segunda-feira (26), o fim do ensino noturno no Brasil. De acordo com publicação do site Bahia Notícias, em entrevista à Rádio Jornal, Mendonça Filho sugeriu que há o esforço para que os jovens finalizem o ensino médio antes dos 17 anos e não tenham que ir ao mercado de trabalho durante o dia, enquanto estudam à noite. “Espero que um dia a gente não tenha mais ensino noturno. Isso é uma distorção provocada, porque na verdade quando o jovem vai para uma educação noturna ele acumulou deficiências ao longo da vida. Então temos que acabar com a repetência para que ele não acumule defasagem, conclua o ensino médio como a grande maioria da classe média, aos 17 anos, e não tenha que se dirigir ao mercado de trabalho por que a família obriga e por que tem necessidade em casa”, afirmou o ministro. Apesar da defesa do fim do ensino noturno, Mendonça Filho garantiu que o turno será mantido no país. “O ensino noturno está sendo preservado no novo ensino médio que estamos introduzindo, mas ao longo do tempo espero que vá diminuindo”, explicou.

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Chapada: Organização da Fligê anuncia que edição 2018 da feira já está em curso

Cerca de quatro mil pessoas prestigiaram as mais de 50 atividades desenvolvidas durante os quatro …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *