segunda-feira ,9 dezembro 2019
Página Inicial / Noticias / Moradores do Vale Capão continuam a reclamar da falta de infraestrutura de escola municipal

Moradores do Vale Capão continuam a reclamar da falta de infraestrutura de escola municipal

Depois de denúncias, há meses atrás, moradores do Vale do Capão, distrito do município de Palmeiras, na Chapada Diamantina, voltaram a denunciar a falta de infraestrutura da Escola Municipal de Primeiro Grau de Caeté-Açu. Os pais dos alunos fizeram um vídeo, mostrando um pouco da situação da instituição de ensino e publicaram nas redes sociais.

Nele, são mostrados alguns dos problemas como o muro ao lado da escola, que está balançando, com risco de desabar, mostra também a sujeira na escola, a quadra abandonada, com alambrado deteriorado, o parque infantil sem condições de uso, a pequena horta abandonada e com pneus velhos acumulando água, piso cheio de rachaduras, janelas quebradas.

Segundo mães de alunos que deram depoimentos no vídeo, faltam auxiliares para as crianças especiais. Além disso, os próprios estudantes disseram que precisam de mesas, cadeiras e espaço para atividades. As mães, inclusive, disseram estar preocupadas em deixar os filhos na escola e acontecer algum acidente.

A equipe de reportagem do Jornal da Chapada tenta, desde a última segunda-feira (8), conversar com o prefeito Ricardo Guimarães (PSD) ou algum representante da prefeitura, mas ninguém atendeu ao telefone fixo da administração municipal até o fechamento desta matéria.

A gestão do prefeito já havia enviado nota técnica e dados para esclarecer os fatos da primeira reclamação dos moradores, mas, ao que parece, o equipamento público continua mesmo com problemas estruturais.

 

 

Fonte: Jornal da Chapada 

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Palmeiras: Corpo é achado em Campos de São João e polícia suspeita que seja de criança que foi morta pelo pai no Distrito Federal

O corpo de uma criança foi encontrado na quinta-feira (5), na zona rual de Palmeiras, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *