terça-feira ,24 abril 2018
Página Inicial / Meio Ambiente / Mucugê: Travessia do Vale do Pati Terá Monitoramento Durante Recesso de Fim de Ano

Mucugê: Travessia do Vale do Pati Terá Monitoramento Durante Recesso de Fim de Ano

O ICMBio (Instituto Chico Mendes da Biodiversidade) começa nesta quarta-feira (27) campanha de conscientização e monitoramento da visitação no Vale do Pati durante o feriadão de réveillon, que ocorrerá até o dia 03 de janeiro. O objetivo principal da ação é orientar os visitantes sobre as condutas de mínimo impacto dentro do Parque Nacional da Chapada Diamantina (PNCD) e contabilizar o fluxo turístico neste período. O monitoramento será realizado nas entradas de Guiné e Andaraí e em diversos trechos da trilha. Para dar apoio à sensibilização, os brigadistas do ICMBio também irão realizar a instalação de placas informativas.

A travessia do Vale do Pati é um dos trekkings mais procurados do Brasil e está localizada no coração do Parque Nacional, portanto, alguns cuidados simples são imprescindíveis para evitar a degradação de algumas áreas, como não fazer fogueiras e levar o lixo de volta. “O leito dos rios são áreas delicadas e precisam de uma atenção especial, por isso, vamos informar como realizar o procedimento adequado para ‘ir ao banheiro’ e qual o local correto de acampamento”, destaca Marcela de Marins, analista ambiental do ICMBio.

É permitido acampar apenas nas áreas de camping junto às casas dos nativos, pois se trata de uma estrutura menos impactante do ponto de vista ambiental: “Os acampamentos localizados na beira de rios acabam gerando contaminação das águas por não possuírem banheiros. Além disso, infelizmente, muitos campistas deixam seu lixo nestes locais”, completa Marcela.

A primeira edição da campanha ocorreu ano passado e devido ao seu sucesso, este ano foi ampliada. Durante o monitoramento, também será realizada uma pesquisa para conhecer melhor o perfil do turista que procura a região, saber qual foi o roteiro por ele escolhido e qual a sua satisfação em relação ao passeio. As informações irão contribuir para nortear novas ações da gestão. Outra novidade deste ano é a parceria com a Prefeitura Municipal de Andaraí, que disponibilizou a equipe responsável pelo monitoramento da entrada do município.

Se você vai para a trilha, tome nota dessas dicas:

Não faça fogueiras: Fogueiras são prejudiciais à natureza e proibidas em todo Parque Nacional. Utilize um fogareiro para cozinhar.

Leve seu lixo de volta: o lixo não volta sozinho! Carregue seu lixo com você até encontrar uma lixeira fora do Parque Nacional.

Para ir ao banheiro: evacue a pelo menos 60 metros de qualquer fonte de água e trilhas. Enterre o papel higiênico junto com as fezes.

Acampamentos: Utilize os acampamentos da Igrejinha, Escolinha, Prefeitura e proximidades das casas dos moradores. Evite acampar na beira de rios, cavernas ou criar novos acampamentos.

(Fonte: Site do ICMBIO)

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Souto Soares recebe feira de economia solidária da agricultura familiar em maio

A Feira Regional de Economia Solidária da Agricultura Familiar será realizada na Praça de Eventos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *