sexta-feira ,20 outubro 2017
Página Inicial / Economia / Municípios da Chapada Diamantina serão beneficiados com planos de saneamento do governo

Municípios da Chapada Diamantina serão beneficiados com planos de saneamento do governo

Na lista constam 13 municípios da Consórcio de Desenvolvimento Sustentável do Circuito do Diamante da Chapada Forte | FOTO: Reprodução/GOVBA |

Focado na meta de universalizar água e saneamento na Bahia, o Governo do Estado articula convênios com consórcios de 21 territórios de identidade para ajudar na elaboração dos Planos dos Planos Municipais de Saneamento Básico (PMSB), conforme manda a lei federal de nº 11.445/2007, inclusive beneficiando 13 municípios da Chapada Diamantina. Dessa vez, a matriz do projeto é envolver as quatro vertentes: abastecimento de água potável, sistema de esgotamento sanitário, drenagem e manejo das águas pluviais urbanas e a limpeza urbana e manejo dos resíduos sólidos serão apoiadas. Para isso, a Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (Sihs) e suas vinculadas (Agersa e Embasa), firmaram parceria com a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Urbano (Sedur), o que coloca à disposição de 179 municípios o corpo técnico das duas pastas para direcioná-los nos quesitos: diagnóstico e capacitação de todas as diretrizes. A previsão é que até o final do final o processo seja iniciado.

Conforme faz questão de frisar, o secretário de Infraestrutura Hídrica e Saneamento, Cássio Peixoto, com isso, o apoio aos planos passará a ser completo e a Bahia ficará cada vez mais próxima de cumprir o que manda a legislação. “Porém, o mais importante nisso tudo é saber que estamos trabalhando por mais qualidade de vida de milhares de baianos. Afinal, a conclusão dos planos proporcionarão não apenas a prestação dos serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário, mas viabilidade técnica e econômica-financeira, com metas estabelecidas e acima de tudo investimentos, que serão revestidos em serviços de excelência com sustentabilidade”, comemorou.

Na lista constam seis municípios do Território Piemonte Norte do Itapucuru (Andorinha, Antonio Gonçalves, Campo Formoso, Jaguarari, Pindobaçu e Senhor do Bonfim, que integram o Consórcio de Desenvolvimento Sustentável; 13 do Consórcio de Desenvolvimento Sustentável do Circuito do Diamante da Chapada Forte (Andaraí, Barra da Estiva, Boa Vista do Tupim, Boninal, Ibitiara, Iramaia, Iraquara, Itaetê Lençóis, Lajedinho, Marcionílio Souza, Nova Redenção e Ruy Barbosa). No Consórcio Intermunicipal da APA do Pratigi integram os municípios de: Ibirapitanga, Gandu, Wenceslau Guimarães, Teolândia, Presidente Tancredo Neves, Valença, Aratuípe, Cairu, Camamu, Igrapiuna, Ituberá, Nilo Peçanha e Piraí do Norte.

No rol ainda estão mais 148 localidades dos consórcios do Extremo Sul, de Desenvolvimento no Vale do Jiquiricá, Sustentável do Vale do Jiquiricá, da Bacia do Jiquiriçá, Intermunicipal Mata Atlântica, do Litoral Sul, do Alto Sertão, do Recôncavo, da Costa do Descobrimento, do Portal do Sertão, da Bacia do Paramirim, do Oeste, de Irecê, do Sisal, do São Francisco, do Médio Rio de Contas, do Vale do Rio Pardo, da Bacia do Corrente e o Intermunicipal Somar, que dica no território metropolitano. As informações são de assessoria.

 

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

TRE-BA assina convênio com prefeituras de Seabra, Ibitiara e Novo Horizonte nesta sexta (20/10)

Cerimônia, prevista para 16h, ocorrerá no Fórum da Comarca de Seabra e contará com a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *