segunda-feira ,20 novembro 2017
Página Inicial / Economia / Nova Redenção sediará o Seminário Produção Intensiva de Leite a Pasto em novembro

Nova Redenção sediará o Seminário Produção Intensiva de Leite a Pasto em novembro

FOTO; Reprodução

Por conta da pastagem ser o principal alimento na dieta de bovinos, ovinos,  caprinos e outros ruminantes, a disponibilidade, o manejo e a qualidade da sua forragem são fatores essenciais para o sucesso da pecuária leiteira. Visando um aprofundamento sobre o assunto, com trocas de experiências, o município de Nova Redenção, no Território Chapada Diamantina, receberá no próximo dia 10, o ‘Seminário sobre Produção Intensiva de Leite a Pasto’.

Tendo como público alvo produtores e produtoras familiares de leite, agentes comunitários rurais, técnicos agrícolas e outros, o evento, que acontecerá das 8 às 12 horas, no Centro Cultural Consuedes Benevides, objetiva aumentar o conhecimento sobre a tecnologia de produção intensiva de leite a pasto para agricultores familiares e demais envolvidos na cadeia produtiva, por meio da capacitação e do treinamento. Como parte da programação, acontecerá no turno da tarde (13h às 17h), a implantação de uma Unidade de Referência de Produção de Leite em área de agricultor familiar.

Conforme Marcelo Matos, da Superintendência da Agricultura Familiar (Suaf), órgão vinculado a SDR, que estará coordenando o Seminário, “o sistema intensivo de produção utiliza o pastejo rotacionado, em que o gado vai buscar o seu alimento no pasto. Com isso, o animal está consumindo uma forragem com alto teor de proteína e energia podendo, dessa forma, expressar o seu potencial para a produção de leite, reduzindo o consumo de concentrado e, consequentemente, baixando o custo de produção”.

A preconização do manejo intensivo de pastagens aumenta a produção por animal e por área, ampliando a rentabilidade do produtor. O Seminário Produção Intensiva de Leite a Pasto, é uma realização do Governo da Bahia, através da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) e seus órgãos agregados, com o apoio da Cooperativa Agropecuária da Chapada Diamantina (Coapechad), Cooperativa de Trabalho do Estado da Bahia (Cooteba), Movimento de Luta pela Terra (MLT) e da Prefeitura Municipal de Nova Redenção. (Chapada News com informações de Gervásio Lima)

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Novo Horizonte: Município agora tem convênio com o Estado para implantação de agroindústria

Na semana passada, o Prefeito de Novo Horizonte assinou convênio com o Estado para implantação …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *