sexta-feira ,21 setembro 2018
Página Inicial / Economia / Novo Horizonte: Município supera a meta do IDEB e ocupa o 4º lugar no ranking estadual, confira os demais municípios da Chapada

Novo Horizonte: Município supera a meta do IDEB e ocupa o 4º lugar no ranking estadual, confira os demais municípios da Chapada

Os dados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), divulgados nesta segunda-feira (3), mostram que a maioria das cidades da Chapada não atingiram a meta nacional posta pelo Ministério da Educação (MEC), apesar de  a maioria ter batido sua meta municipal, não alcançaram os 6,0 pontos propostos pelo MEC.

Porém, o município de Novo Horizonte superou tais metas além de bater sua meta municipal. Os resultados da Prova Brasil, aplicada em 2017, que compõem o cálculo para a nota do Ideb, já anunciavam que o município, novamente, teria um bom desempenho na avaliação.

O Ideb é calculado a partir dos dados sobre aprovação escolar, obtidos no Censo Escolar realizado todos os anos, e médias de desempenho nas avaliações do Inep, a Prova Brasil (para Idebs de escolas e municípios) e a Saeb (no caso dos Idebs dos estados e nacional) – avaliações aplicadas no 5º e 9º ano do Ensino Fundamental e no 3º ano do Ensino Médio.

De acordo com a diretora geral da Prose7e, Ana Sueli Pinho, é preciso ensinar às crianças e adolescentes os procedimentos para que eles possam obter um melhor rendimento. “A orientação é necessária. O estudante não pode conhecer, saber sobre a Prova Brasil no dia em que vai ser avaliado. Além disso passamos para eles outras dicas, a exemplo da administração do tempo e de como não rasurar a folha de respostas. Eles estão no início do processo de escolarização, e vivenciar estas experiências é importante para o resultado positivo”, explica.

Confira as médias por município:

  • Abaíra: 5,6 enquanto a meta era de 5,2;
  • Boninal: 5,2 enquanto a meta era de 4,5;
  • Ibitiara: 5,7 enquanto a meta era de 5,6;
  • Iraquara: 5,6 enquanto a meta era de 4,5;
  • Lençóis: 4,7 enquanto a meta era de 4,1;
  • Mucugê: 5,1 enquanto a meta era de 5,2
  • Novo Horizonte: 6,4 enquanto a meta era de 5,1;
  • Palmeiras: 5,2 enquanto a meta era de 5,6;
  • Piatã: 5,9 enquanto a meta era de 4,9;
  • Seabra: 5,8 enquanto a meta era de 5,0.

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Barra da Estiva completa 39 dias sem homicídios; Polícia Civil se empenha em investigações

A cidade de Barra da Estiva, na Chapada Diamantina, completou nesta quarta-feira (18), 39 dias …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *