quinta-feira ,12 dezembro 2019
Página Inicial / As Mais Lidas / Oprah tira do ar entrevista com João de Deus após acusações de abuso sexual contra ele

Oprah tira do ar entrevista com João de Deus após acusações de abuso sexual contra ele

Um grupo de pessoas começou um movimento na internet para que chegasse aos ouvidos da americana Oprah Winfrey a notícia de que o médium João de Deus foi acusado por diversas mulheres de abuso sexual. A atriz e apresentadora americana veio ao Brasil em 2012 para conferir de perto os milagres de cura do médium. O pedido deu resultado, e a Oprah já apagou de seus arquivos a entrevista que fez com João de Deus na época.

Os vídeos de suas entrevistas estão no site oficial dela, e no seu canal no YouTube. Na época da visita a Abadiânia (GO), Oprah tomou passe, teve um mal-estar ao acompanhar uma cirurgia espiritual que envolve cortes e sangue e entrou na fila para comer o sopão servido tradicionalmente a mil pessoas todos os dias.

Em entrevistas ao jornal O Globo e ao jornalista Pedro Bial no dia 8 de dezembro, mulheres  acusaram o médium João de Deus de abusos sexuais que teriam sido cometidos quando elas procuraram a cura espiritual na Casa de Dom Inácio de

Loyola, onde ele atende milhares de brasileiros e estrangeiros todas as semanas.

Segundo O Globo, 12 mulheres denunciaram à imprensa que foram molestadas sexualmente pelo médium –seis delas foram ouvidas pelo jornal.  Ao todo, Bial e a redatora do programa Camila Appel -que também é autora do blog Morte sem Tabu, na Folha de S.Paulo- entrevistaram dez mulheres e ouviram relatos parecidos. O programa, no entanto, mostrou apenas quatro depoimentos por causa do tempo.

O médium das estrelas sempre recebeu visitas de celebridades. Uma das mais recentes, foi da atriz Camila Pitanga, que ficou em choque após perder o amigo e ator Domingos Montagner durante a gravação da novela “Velho Chico”.

O médium ainda foi fruto de um livro “João de Deus – Um Médium no Coração do Brasil” (R$ 34,90, 216 págs., Fontanar),  escrito por Maria Helena P. T. Machado, professora do departamento de história da USP (Universidade de São Paulo).  A obra, autorizada pelo médium, vem sendo considerada a biografia definitiva de João de Deus e contém detalhes assombrosos de como ele opera (incorporado por espírito de luz).

O advogado de João de Deus, Alberto Toron, afirmou que o médium recebeu com “indignação” a notícia de que é acusado de crime sexual e está à disposição das autoridades para esclarecimentos.

 

Fonte: O Globo

 

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Embasa gastará R$ 400 mil de dinheiro público em três festas de fim de ano em Irecê e SSA

A Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) contratou por R$ 404,9 mil três empresas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *