sábado ,20 outubro 2018
Página Inicial / Educação / Palmeiras: amanhã a comemoração do dia da Chapada Diamantina é na cidade mundialmente conhecida

Palmeiras: amanhã a comemoração do dia da Chapada Diamantina é na cidade mundialmente conhecida

A JIVA (Junta Independente Voluntária Ambiental), convida a toda a população para participar de atividades sustentáveis que envolvem a geologia, arqueologia, história, cultura, artes e educação ambiental na Região da Chapada Diamantina, em comemoração ao Dia da Chapada, que será realizado nesta terça na cidade de Palmeiras.

A JIVA, que há dois anos atua em projetos socioambientais na região, deu início a um abaixo assinado, com a proposta da instituição da data, em Praça Pública, no município de Seabra, durante a Semana de Meio Ambiente, a qual foi aderida por mais cinco municípios: Lençóis, Palmeiras, Iraquara, Andaraí e Barra da Estiva.

Em menos de 15 dias foi levada à ALBA – Assembleia Legislativa do Estado da Bahia, onde o Projeto de Lei foi aprovado por unanimidade e sancionado pelo Governador do Estado, Rui Costa. Desde então, foi instituído por meio da Lei 13.739 de 05/07/17, no calendário oficial de eventos do Estado da Bahia, o Dia da Chapada Diamantina, a ser comemorado anualmente em 11 de abril.

A Chapada Diamantina se transformou numa marca para quem vive e conhece. A vocação ambiental, aliada ao patrimônio arquitetônico histórico-cultural dos tempos áureos do ouro e diamante, faz do turismo uma das principais atividades econômica, atraindo visitantes nacionais e internacionais.

A comemoração amanhã (10), trás um cronograma recheado de surpresas positivas para a cidade, confira a programação:

Das 9h às 12h, no Auditório da Câmara Municipal de Palmeiras, haverá a apresentação do Projeto Estrada Real – Eixo Norte: Rio de Contas a Jacobina, com a presença do Geólogo Adalberto de Figueiredo Ribeiro e o Geógrafo Antônio Raimundo Leone Espinheira.

A tarde segue recheada de conto e história com a Mesa Redonda sobre Contextualização Histórica da Chapada Diamantina. A mesa será das 14h às 16h com os historiadores Delmar Araújo que é vice coordenador do campus avançado da UEFS (Universidade Estadual de Feira de Santana) em Lençóis, ele tratará da formação Sócio Histórica, econômica e cultural da Chapada Diamantina e Liandro Antiques, historiador, pesquisador, genealogista e fotógrafo, falará da Chapada Velha, tratando a impressão que ficou para os dias atuais. A mesa contara com a presença das narradoras locais Marilande Queiroz e Zenilda Pina.

O dia não poderia ser encerrado de maneira melhor do que com o translado e abraço simbólico pelo Dia da Chapada no Morro do Pai Inácio, famoso ponto turístico da Chapada.

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Seabra: Hospital Regional da Chapada abre Processo Seletivo Cadastro Reserva

No período de 18 até o dia 22 de Outubro de 2018, estará aberto Processo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *