quarta-feira ,11 dezembro 2019
Página Inicial / Noticias / Palmeiras: Moradores do Vale do Capão denunciam falta d’água; prefeitura rebate acusações

Palmeiras: Moradores do Vale do Capão denunciam falta d’água; prefeitura rebate acusações

Em um vídeo publicado nas redes sociais, moradores do Vale do Capão, distrito de Caeté-Açu, em Palmeiras, município da Chapada Diamantina, denunciaram a falta de abastecimento de água na comunidade por, pelo menos, 40 dias. No vídeo, uma moradora ainda afirma que as tubulações na sua rua estão quebradas. “Falamos com o secretário de infraestrutura, que inclusive disse que ia ligar para o técnico que ia resolver a questão da bomba e enquanto isso a gente fica sem água”, afirmou outra moradora no vídeo.

O Jornal da Chapada entrou em contato com o secretário municipal de Infraestrutura, João Batista, que conversou sobre a queixa e afirmou que tudo já estava resolvido. “O problema mais sério, já foi resolvido no Capão. Lá temos poços artesianos para abastecer comunidade e alguns deles estão secando”, afirmou. “Agora quebrou a bomba, a gente tem que pagar deslocamento do técnico, pagamos diária, pagamos pela manutenção”, desabafou. Ele disse que na comunidade de Caeté-Açu os moradores não pagam o serviço de abastecimento de água, sendo da prefeitura todos os custos.

“Quando o poço dá problema, como dessa vez, o técnico vem de Seabra para resolver. E ele atende toda região, acabamos ficando pelo menos 15 dias para ele nos atender e saber o que aconteceu”, informou Batista. O secretário confirmou que esteve com os moradores e disse que a gestão municipal já estava ciente da situação, procurando soluções para este tipo de problema.

“Estamos resolvendo. Em breve vai entrar uma empresa que administrará o sistema de abastecimento de água do distrito”, afirmou. Segundo João, a essa mesma empresa já gerencia as águas em outras cidades da região. “Os moradores vão se adequar às normas de pagamento de serviço de abastecimento e esgoto da empresa”, revelou. Ainda de acordo com o secretário, está sendo feito o levantamento da área, para saber vazão de poços e o que é necessário para suprir a necessidade da comunidade.

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Chapada: Criminosos são presos após ameaças por Whatsapp na Região

Um grupo de criminosos que vinha compartilhando áudios aterrorizando a população da Chapada Diamantina, no …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *