Página Inicial / Economia / Palmeiras: População do Vale do Capão se preocupa com soluções para problemas de alta estação turistica

Palmeiras: População do Vale do Capão se preocupa com soluções para problemas de alta estação turistica

Após vários questionamentos dos moradores da comunidade de Vale do Capão(Palmeiras), sobre a falta de estrutura da localidade para moradores e para receber os turistas em datas comemorativas
. A sociedade local passou a discutir uma melhor forma de recebe-los, tanto no feriado de carnaval como também nos momentos de alta estação na região.

Os problemas ocorridos nos festejos de fim de ano em 2017, como a falta de ordenamento do trânsito, falta de água, capacidade insuficiente da rede elétrica e saneamento básico deficiente, por exemplo, levaram a população a se preocupar com o próximo feriado. Desse encontro surgiu a ideia de realizar uma consulta popular, iniciada no dia 17 (quinta-feira).

O carnaval deste ano no Vale do Capão, distrito de Palmeiras, na Chapada Diamantina, está sendo discutido em um formulário online proposto pela sociedade civil organizada, como a Associação de Condutores de Visitantes do Vale do Capão (ACV-VC) e a Associação de Pais, Educadores e Agricultores de Caeté-Açu (APEA-CA), e pela administração municipal local.

A comunidade do local e também os visitantes foram convidados a responder um questionário sobre sugestões para sanar os problemas que aconteceram nas comemorações do fim de 2017. A consulta pública ficou disponível até 27 de janeiro, a buscava entender problemas e discutir soluções para o transito, tanto no Vale quanto dentro da Vila; coleta de lixo; transito na subida da Cachoeira da Fumaça; a opção de um coletivo circulando dentro do Vale; qualidade de visitação; som alto; entre outros problemas que estavam abertos a ideias de sugestão.

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Palmeiras: Unidade da DPE-BA atenderá nos dias 24 e 25 de maio

A Unidade Móvel de Atendimento da Defensoria Pública do Estado da Bahia (DPE-BA) atenderá o …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *