sexta-feira ,23 agosto 2019
Página Inicial / Noticias / Piatã, Itaberaba e Abaíra: Ipac desenvolve vistorias e orientações técnicas

Piatã, Itaberaba e Abaíra: Ipac desenvolve vistorias e orientações técnicas

Até fim de 2019, técnicos especialistas do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (IPAC) da Secretaria de Cultura do Estado (Secult), visitam diversos municípios da Bahia. A ação integra a implantação do programa de política pública para a proteção dos bens culturais materiais, empreendido pela Diretoria de Projetos Obras e Restauro (Dipro) do Ipac.

“A salvaguarda e a proteção de bens culturais tangíveis da Bahia deve ser integrada, unindo e articulando a sociedade civil e as diversas instâncias dos poderes públicos municipais, estaduais e federais”, afirma o diretor da Dipro/IPAC, arquiteto Felipe Musse. Segundo ele, alguns municípios da Chapada Diamantina e do sudoeste da Bahia já foram visitados. “Em novembro, visitamos Caetité, Guanambi, Érico Cardoso, Piatã, Abaíra e Itaberaba”, diz.

As equipes do Ipac são compostas por técnicos especializados em arquitetura e restauração. Eles participaram de seminários locais e atenderam pedidos das prefeituras municipais para vistorias em imóveis de importância histórica, perímetros de tombamento e orientações técnicas para agentes municipais e a sociedade civil organizada.

Poligonal e imóveis
“Não é somente Salvador que tem de um importante acervo arquitetônico-histórico, mas também centenas de cidades baianas que dispõem de imóveis e obras de arte extremamente relevantes para a história e a cultura do nosso estado”, acrescenta Musse. Em Caetité, o convite partiu da sociedade civil organizada, com participação efetiva do Ministério Público do Estado (MPBA).

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Mucugê; Ovo é arremessado no palco durante apresentação de Ana Cañas no Fligê

  Um ovo foi lançado no palco durante o show da cantora paulista Ana Cañas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *