Página Inicial / Meio Ambiente / Piatã: Piatã pode entrar em estado de Emergência.

Piatã: Piatã pode entrar em estado de Emergência.

Piatã enfrenta a maior crise hídrica da sua história!

A Administração vem buscando soluções em todas as esferas governamentais para não deixar que a situação piore.

Reunião em Salvador, Governo Municipal de Piatã esforça-se em busca de solução: Marcos Paulo, Sec. de Adm, Ed, Prefeito Piatã, Cassio Peixoto, Sec. Infra Estrutura Hídrica Ba e Geraldo Oliveira, Sec. Obras e infraestrutura Piatã./FOTO: Prefeitura Piatã

Hoje em uma audiência com o Secretário de Infraestrutura Hídrica e Saneamento do Governo do Estado da Bahia, Cássio Ramos Peixoto, em Salavdor, o Prefeito Edwilson, o Secretário de Administração Marcos Paulo e o Secretario de Obras e Infraestrutura Geraldo Oliveira, cobraram do Governo do estado uma maior atenção e recursos para solucionar de vez o abastecimento de Água e Saneamento Básico para o município de Piatã.

“Saimos da reunião com a promessa do Secretário Cássio que as soluções chegarão ainda esse ano. Estou muito esperançoso!” Palavras do Prefeito Ed.

Se providências não forem tomadas ou não chova bastante na região, as chances (do estado de Emergência) são grandes.

Segundo dados do Ministério da Integração Nacional, a Bahia teve 140 reconhecimento de Estado de Emergência no ano de 2016, em mais de 106 municípios divergentes. A lista de cidades que tiveram a situação de emergência reconhecida pela União pode ser conferida no site do Ministério da Integração

Decreto de situação de emergência

A situação de emergência ou o estado de calamidade pública são declarados mediante decreto do prefeito municipal, do governador do Estado ou do Distrito Federal. O decreto ocorre quando há desastre e necessidade de estabelecer uma situação jurídica especial, que permita o atendimento às necessidades temporárias de excepcional interesse público. Segundo informações do Ministério da Integração Nacional, com o reconhecimento federal da situação de emergência, os municípios podem solicitar recursos da União para ações de socorro, assistência às vítimas, restabelecimento de serviços essenciais e reconstrução de áreas danificadas.

Leia também: População sofre com abastecimento de água irregular

Matéria Institucional

(Da Redação-Chapada News)

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Taxa de mortalidade infantil sobe 9,2% na Bahia depois de 25 anos em queda

Depois de passar 25 anos em queda, a taxa de mortalidade infantil aumentou 9,2% na …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *