sábado ,19 outubro 2019
Página Inicial / Política / Policlínicas terão administração e manutenção divididas entre Estado e Municípios

Policlínicas terão administração e manutenção divididas entre Estado e Municípios

Policlínica de Teixeira de Freitas | Fotos: Eloi Correa / GOVBA

As quatro policlínicas e os dois hospitais que serão inaugurados pelo Governo do Estado até dezembro na Bahia, apesar de terem as obras e equipamentos custeados pela gestão estadual, terão a administração e manutenção mensal dividida em 40% para o Estado e os 60% para os  municípios consorciados. A Policlínica de Guanambi, que será inaugurada nesta sexta-feira (24), beneficiará aproximadamente 500 mil pessoas de 22 municípios da região.

De acordo com a Secretaria de Saúde (Sesab), os Consórcios Públicos de Saúde, que as Policlínicas fazem parte, tem o objetivo de regionalizar a prestação de serviço de alta qualidade em saúde para a população do interior do estado, e evitar que os pacientes se desloquem para os grandes centros em busca dos serviços.(Bahia Notícias)


Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Com ‘sinal verde’ de Wagner, PT planeja lançar senador ao governo do estado em 2022

O senador Jaques Wagner (PT) tem a pretensão de voltar ao cargo de governador a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *