quinta-feira ,19 julho 2018
Página Inicial / Polícia / População invade delegacia para espancar mulher que ateou fogo em casa e matou criança queimada. Veja vídeo!

População invade delegacia para espancar mulher que ateou fogo em casa e matou criança queimada. Veja vídeo!

A mulher foi jogada no fogo e ficou bastante queimada. FOTO: Portal Zacarias
Uma mulher de 30 anos, identificada como Lucinete da Costa Gama, acusada de incendiar a própria casa, provocando a morte de uma criança e deixar outras duas com terríveis queimaduras, foi espancada por pessoas revoltadas, que invadiram a Delegacia Interativa de Polícia do município de Novo Aripuanã (distante 277 km de Manaus), na tarde desta terça-feira,7, para fazer justiça com as próprias mãos.
Lucinete provocou o incêndio mesmo sabendo que sete membros de sua família estavam dentro do imóvel, entre os quais três crianças que foram levadas em estado grave para o hospital de Novo Aripuanã e uma delas, de 2 anos de idade, não resistiu às queimaduras e morreu horas depois, revoltando a população do município, que foi para a frente da delegacia assim que soube da prisão da acusada.
Quase no final da tarde, a informação que chegava à capital indicava que a situação na delegacia do município já começava a ser normalizada com a chegada do Grupo Fera, para resguardar a integridade da mulher presa. O patrimônio público também foi protegido, tendo em vista que algumas partes do prédio foram depredadas e equipamentos internos da unidade policial também foram danificados durante a revolta da população.
Antes da invasão da unidade policial, o grupo de pessoas revoltadas ateou fogo em um carro fora de uso, apreendido há vários meses, que estava no estacionamento interno da delegacia.
Para evitar que Lucinete fosse arrastada para a rua e espancada até a morte, e depois ter o corpo jogado no fogo ateado em um dos carros que estava no estacionamento da delegacia, os policiais tiveram de agir com rigor e chegaram a disparar tiros de alerta durante a invasão.
Policiais da Força Especial de Resgate e Assalto (Fera) da Polícia Civil do Amazonas foram enviados em caráter de urgência para Novo Aripuanã, depois que o delegado titular da Delegacia Interativa do município, Vinícius de Melo, comunicou à Secretaria de Segurança Pública e à Delegacia Geral, em Manaus, do que estava acontecendo em Novo Aripuanã. (Fonte: Portal do Zacarias)
Veja Vídeo

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Governador Mangabeira: Menina de 2 anos morre após tiro acidental na cabeça

Uma menina de dois anos morreu depois de ter sido atingida por um tiro acidental …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *