segunda-feira ,24 julho 2017
Página Inicial / Educação / Prefeitura de Jequié distribui mochilas gigantes às crianças, vira piada na internet e secretário diz que tamanho é uma ‘Questão menor’

Prefeitura de Jequié distribui mochilas gigantes às crianças, vira piada na internet e secretário diz que tamanho é uma ‘Questão menor’

Foto: Leitor / WhatsApp

Uma situação inusitada ocorreu em Jequié na última sexta-feira (5). A prefeitura local entregou kits escolares para alunos da rede pública de ensino contendo mochila, estojo, lápis, caneta e borracha. Até aí tudo bem. Só que quando as crianças menores foram experimentar os novos acessórios algo curioso aconteceu:

Aparentemente, o tamanho único do apetrecho não foi pensado para as crianças mais novas, que literalmente “cabem” nas mochilas. A internet não perdoou e a foto da criança já foi compartilhada em grupos do Facebook. “Vocês que não entenderam. Mochila para crianças é na verdade mochila para GUARDAR crianças”, disse uma internauta. Em outro comentário falaram: “Acho que era para botar as crianças dentro com a cabecinha para fora e alguém levar, porque não é possível”.

Após os comentários na internet, o secretário de Educação de Jequié, Roberto Gondim, minimizou o tamanho um tanto quanto desproporcional das mochilas entregues a crianças da rede pública de ensino municipal. O objeto, tão grande que cabe até os pequenos dentro, acabou gerando piada nas redes sociais. De acordo com Gondim, a licitação para compra das mochilas foi fechada antes do término das matrículas e, por isso, o tamanho precisou ser padronizado, o que acabou não contemplando crianças menores. “Tivemos que fazer a licitação antes do quantitativo da matrícula. Mas nenhuma criança de creche vai sozinha para lá. Os pais sempre levam elas, eles que carregam as mochilas”, afirmou, em entrevista ao Bahia Notícias. “Pela primeira vez, a gente distribuiu mochilas. Essa é uma questão menor [tamanho das mochilas]”, seguiu minimizando o secretário.

Ele também negou ter ficado irritado com a repercussão do fato na internet. “Acho que isso é bem próprio das redes sociais”, ponderou. Em nota, a Secretaria de Educação da cidade informou que, “para evitar qualquer tipo de discriminação, principalmente com as crianças menores, a secretaria optou por distribuir o material a todos os alunos da rede municipal de ensino, prevalecendo assim o cuidado e a satisfação em ver a alegria das crianças e da família ao receberem as mochilas”.

“Entendemos que deve prevalecer o bom senso de todos os envolvidos na utilização dos materiais distribuídos, cabendo principalmente aos pais ou responsáveis utilizarem as mochilas para transporte do material das crianças, lembrando ainda que o Ministério da Saúde recomenda que o peso transportado pelo aluno não ultrapasse em mais de 10% do peso da criança”, encerra a nota. (Bahia Noticias)

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Seabra: Nos dias 5 e 6 de agosto acontecera em Seabra o 1º Encontro de Carros Antigos da Chapada Diamantina

Nos  dias 5 e 6 de agosto acontecera em Seabra o 1º Encontro de Carros …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *