quinta-feira ,12 dezembro 2019
Página Inicial / Educação / Prefeitura se recusa a receber escolas ‘sem estrutura’ do governo, defende Barral

Prefeitura se recusa a receber escolas ‘sem estrutura’ do governo, defende Barral

O secretário municipal de Educação, Bruno Barral, disse que a prefeitura de Salvador não vai aceitar a proposta do governo de repassar escolas estaduais sem infraestrutura para o município.

Ao Bahia Notícias, o titular da Educação disse que “falta planejamento” na administração estadual. “Entendemos que a responsabilidade do ensino fundamental é uma responsabilidade compartilhada entre o estado e o município. Então, a transferência de escolas para o município deve ser estudada com profundidade. Não vamos aceitar escolas com dificuldades, sem professores e sem infraestrutura. Não existe isso de assumir um passivo sem ter um planejamento”, declarou.

Barral aproveitou para cutucar a gestão estadual. “O governo está com uma visão que não está pensando nas crianças e nos jovens. Esse tipo de ação desalinhada mostra o motivo do Ideb [Índice de Desenvolvimento da Educação Básica] da Bahia desde 2005 ser o pior do Brasil”, pontuou.

Ao jornal Correio, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia (APLB) informou que 108 unidades podem ser desativadas ou municipalizadas em todo estado. Em Salvador, a estimativa é que 30 escolas sejam atingidas.

 

Fonte: Bahia Noticias

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Brasil corre risco de ter exército de professores sem emprego nos próximos anos

O Brasil corre o risco de ter um exército de professores sem trabalho nos próximos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *