quarta-feira ,18 julho 2018
Página Inicial / Política / Presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana desmente boatos de crítica a ACM Neto

Presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana desmente boatos de crítica a ACM Neto

Circula nas redes sociais áudios com supostas críticas do presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana, vereador José Carneiro (PSDB), em relação a não candidatura do prefeito de Salvador, ACM Neto, na disputa pelo governo da Bahia. Segundo informações, o áudio forjado nas redes sociais é falso e contém declarações que não foram realizadas pelo vereador.

A polêmica foi gerada após José Carneiro se pronunciar a respeito da decisão de Neto, afirmando que a notícia sobre a não candidatura poderia ter sido anunciada com antecedência.

O prefeito ACM Neto (DEM) informou nesta sexta-feira, 06, que não vai concorrer ao governo do Estado nas eleições de outubro, afirmando que “ouviu seu coração” e que por isso pretende continuar à frente da Prefeitura de Salvador.

 

Sobre o caso: 

O presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana, vereador José Carneiro (PSDB), ‘pegou ar’ com o prefeito ACM Neto (DEM) após a desistência em se candidatar ao governo do Estado. O tucano não está satisfeito com a mobilização feita pelo demista durante os últimos quatro anos e ao final não topar encabeçar a chapa.

Ao site Política In Rosa, Carneiro asseverou irritação. “Nós acreditávamos que ele seria candidato quando colocou Bruno Reis, que é de sua extrema confiança, para ser vice-prefeito da cidade de Salvador. De lá para cá ele construiu a sua candidatura. O grupo de oposição todo trabalhou com o objetivo de fortalecer ACM Neto e hoje, no apagar das luzes, ele afirma que não é mais candidato’’, disse.

Na opinião de Carneiro, Neto poderia ter declarado a sua posição antes, ter permitido que o grupo se articulasse e decidido outro nome para substituí-lo. “Ele não é insubstituível. Existem nomes na oposição que são capacitados para estar em seu lugar. Mas ele não permitiu isso e se constituiu como uma grande liderança. Por isso foi infeliz primeiro quando manteve a candidatura até agora e segundo quando desistiu tornando-se, no meu ponto de vista, traíra com o grupo que ele comandou”, destacou.

O presidente ressaltou ainda que a desistência não é postura de um grande líder político e que foi falta de respeito com o grupo que ele comandou. “Acho que ele não tem mais condições de comandar o grupo de oposição no Estado da Bahia porque perdeu a confiança de seus correligionários que ficaram todos reféns da sua posição. Ele não pode, sob nenhuma hipótese, comandar hoje o grupo de oposição”, disparou. Ainda assim, José Carneiro salientou que entende a decisão do prefeito de Salvador e que ele tem uma carreira política bonita pela frente.

 

*Com informações do Bocão News

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Prefeitos baianos vão a Brasília buscar medidas de apoio para período de estiagem

Uma comissão de prefeitos baianos se reuniu com o ministro da Integração Nacional, Antônio de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *