quarta-feira ,17 julho 2019
Página Inicial / Noticias / Região de Irecê: Delegado pede a prisão de grupo investigado pelo roubo de mais de 1500 cabeças de gado em Itaguaçu da Bahia

Região de Irecê: Delegado pede a prisão de grupo investigado pelo roubo de mais de 1500 cabeças de gado em Itaguaçu da Bahia

Um grupo desarticulado pela Polícia Civil de Itaguaçu da Bahia, na região de Irecê,  seria responsável pelo roubo de mais de 1500 cabeças de gado em seis fazendas localizadas na zona rural da cidade. Segundo o delegado Heloísio Sandro Lacerda, responsável pela investigação, o prejuízo estimado da vítima é de R$ 8 milhões de reais.

Além de roubar e furtar gado, o esquema seria responsável também pelo abate de vacas e ovelhas, e furto de implementos e maquinários agrícolas.

O delegado Heloísio Sandro levou cerca de um ano para poder concluir o inquérito que tem quase mil páginas. “ Foram realizadas mais de 100 intimações, sendo que o nosso trabalho foi feito em veículo particular, já que a delegacia de Itaguaçu não tem viatura. Toda a investigação já foi concluída e encaminhada ao Fórum da Comarca de Xique-Xique”, disse.

Além do gado, nas fazendas que têm cerca de 6 mil hectares e que pertencem a um só dono, existiam 120 cavalos das raças Manga Larga Machador, Quarto de Milha; 200 jumentos da raça Pega entre machos e fêmeas; 450 ovelhas da raça Santa Inês e 900 filhotes; 950 cabras  Anglo Nubianas e Boé de várias cores e 1.700 filhotes; 120 animais ( mulas e burros) e  vários tratores, plantadeiras e colhedeiras.

Para o delegado Heloísio Sandro, que também é o titular da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE) de Irecê,  esta é uma das maiores ações contra abigeato do Estado e a maior da região de Irecê.

 

 

Fonte: Central Notícia

 

 

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Seabra: Hospital Regional da Chapada Convoca Candidatos para participação em Processo Seletivo

Agente Operacional (Higienização) Local: Hospital Regional da Chapada Data: 17/07/2019 Horário: 8h Nº Candidato 1 …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *