quarta-feira ,18 outubro 2017
Página Inicial / Educação / Salvador recebe neste sábado culto de primeira igreja LGBT do Brasil

Salvador recebe neste sábado culto de primeira igreja LGBT do Brasil

Foto: Divulgação

A Igreja Cristã Contemporânea realizará neste sábado (25), às 19h30, em Salvador, o “Culto da Gratidão”. Com o tema “Sorria, Bahia! Jesus te aceita!”, o ato religioso acontecerá na Associação de Funcionários Públicos do Estado da Bahia, na rua Carlos Gomes, nº 85, no bairro de Dois de Julho. O culto será conduzido pelos pastores Marcos Gladston e Fábio Inácio. Seguidora da denominada “teologia inclusiva”, a igreja propõe ser “a representação do amor incondicional de Deus por um por um povo que sofria a dor da exclusão”, como os homossexuais, caso do fundador da congregação, pastor Marcos Gladstone. “Ele [pastor] se converteu ao Evangelho do Senhor Jesus aos 14 anos de idade, e cresceu na fé dentro da Igreja Evangélica Congregacional e como a maior parte dos membros do nosso ministério, viveu um grande dilema: era homoafetivo e a única resposta dada pela igreja era que isso é condenado pela Bíblia”, afirma relato que consta no site da igreja.

Ao contrário de denominações tradicionais, a congregação afirmou que “não é pecado nem a heterossexualidade, nem a homossexualidade”. “Não se restringindo à dita ‘família tradicional’, mas assim como Deus chamou a Abraão e disse: ‘em ti serão benditas TODAS as famílias da terra’ entendemos que aqui foi incluído pelo Senhor aquelas formadas por pares do mesmo sexo. A Igreja Cristã Contemporânea investe muito na preparação de relacionamentos entre iguais por discernir sua importância na realização do indivíduo como ser humano quanto por entender que a família é também o maior projeto de Deus para homoafetivos”, diz o site.(Bahia Notícias)

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Seabra: Egressa da UNEB Seabra abrilhanta programa de TV e participa de IV Fórum de Coordenadores pedagógicos na Bahia

Depois de estrear no programa Encontro, da rede globo na última sexta-feira, 13, a coordenadora …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *