quarta-feira ,21 novembro 2018
Página Inicial / Vídeos / Santa Izabel demite funcionários que dançaram ‘Que tiro foi esse?’ dentro do hospital

Santa Izabel demite funcionários que dançaram ‘Que tiro foi esse?’ dentro do hospital

Foto: Reprodução/ YouTube

Quatro funcionários foram demitidos do Hospital Santa Izabel, em Salvador, porque apareceram em um vídeo dançando a música “Que tiro foi esse”, que se tornou hit no país na voz da cantora Jojô Todynho. A gravação foi feita dentro da unidade, sem autorização da administração do hospital. O vídeo acabou viralizando. De acordo com informações da assessoria de comunicação do Santa Izabel, os funcionários desligados eram maqueiros e foram demitidos na semana passada, sem justa causa.

No vídeo, aparecem dois funcionários. Um deles está sentado em uma cadeira de rodas e é empurrado por um colega, enquanto a música toca ao fundo. Após o verso “Que tiro foi esse?”, o homem que está na cadeira se joga no chão. Logo em seguida, o outro maqueiro que aparece na imagem cai após o segundo ‘disparo’ da música. De acordo com informações do jornal Folha de S. Paulo, um terceiro funcionário fez a gravação usando um aparelho celular, enquanto o quarto maqueiro demitido ajudou os colegas a executarem o vídeo. Em nota, o hospital disse que a gravação “vai de encontro a um dos pilares de existência da Santa Casa que é o atendimento de excelência ao paciente”.

No comunicado oficial, a instituição destacou que, enquanto os funcionários faziam o vídeo, pacientes ficaram esperando seus serviços. “Centenas de pacientes são atendidos diariamente num hospital e, muitas vezes, a demanda por procedimentos é maior do que a capacidade, por isso, a dedicação e entrega da equipe é o que faz a diferença num atendimento humanizado e de qualidade. Por fim, informamos que todo o procedimento de demissão foi feito dentro das normas legais, respeitando os direitos dos funcionários”, disse a nota.(Bahia Notícias)

Veja abaixo o vídeo pivô da demissão:

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Caminhoneiros mantêm greve na Bahia, mesmo com anúncio de acordo com o governo

Várias estradas do estado ainda estão com circulação fechada para caminhões, independente da carga que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *