domingo ,8 dezembro 2019
Página Inicial / Política / Saúde de deputados federais baianos custou R$ 6,5 milhões em 24 anos

Saúde de deputados federais baianos custou R$ 6,5 milhões em 24 anos

A saúde dos deputados federais baianos eleitos desde 1996 custou, até o mês de setembro de 2019, cerca de R$ 6,5 milhões. Os dados foram obtidos através da Lei de Acesso à Informação pelo Bahia Notícias e tem seus valores corrigidos pelo IPCA (IBGE), dos meses de setembro do ano do reembolso com o mês de setembro de 2019.

Os maiores gastos ficam para os anos de 2000 com R$ 887 mil, 2015 com R$ 760 mil e o ano de 2017 que foram gastos R$ 872 mil. Já os anos que menos foram pedidos reembolsos médicos e odontológicos pelos deputados foi em 1996, quando foram gastos pouco mais de R$ 4,4 mil, em 1997 que teve R$ 3,2 mil e em 2005 que teve um valor similar em reembolsos.

O ano de 2019 (até o mês de setembro) já está em 5º lugar no montante de gastos médicos com R$ 399 mil. A 55ª legislatura (2015 a 2018) foi a que mais gastou. Os deputados federais baianos gastaram R$ 2,1 milhões no período.

A Câmara dos Deputados informou ao Bahia Notícias que só possui os valores dos ressarcimento aos parlamentares a partir da 50º legislaturas, exercícios de 1996 em diante, pois de 1988 até 1995 inexistem nos sistemas informativos da Câmara.

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Seabra: Câmara de Seabra debate projeto que proíbe nomear pessoas condenadas por violência contra a mulher

O presidente da Câmara de Vereadores de Seabra, município da Chapada Diamantina, Marcos Pires Ferreira …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *