quarta-feira ,18 julho 2018
Página Inicial / As Mais Lidas / Seabra: Após apelo feito em programa de rádio, a equipe do Chapada News consegue localizar os parente de Dona Natália

Seabra: Após apelo feito em programa de rádio, a equipe do Chapada News consegue localizar os parente de Dona Natália

Dona Natália

Você deve se lembrar da história da simpática paulista, Dona Natália, que procurou o programa Resumo da Manhã para fazer um apelo, em busca de noticias sobre seu pai, ou familiares os quais não conhecia.

Após a divulgação da história de Natália, a Equipe do Chapada News foi atrás de noticias de seus familiares no povoado de Capão das Gamelas, município de Seabra.

Nerisvaldo Sobrinho, através da moradora Aiane (Capão das Gamelas), conseguiu contato com uma prima de Natália, a qual tinha cuidado do seu pai João Batista nos últimos dias de vida.

Osmarina Bela da Silva, sobrinha de Seu João Batista, conta que

Dona Osmarina Bela (Prima de Natália)

ele faleceu a mais ou menos uns 6 anos, que ele já era uma senhor de idade e que bebia muito, se tornando isso um atenuante para sua morte. O pai de Natália era morador do povoado de Baixão, onde ele vivia com uma mulher a qual se mudou para a casa dela, após voltar de São Paulo.

A sobrinha conta que ele viveu boa parte da sua vida em São Paulo, para onde foi após se separar da esposa, Bernadina, também moradora de Baixão, com quem teve 2 filhos, um deles já falecido e o outro, Manoel Messias, morador de Brasilândia em São Paulo, porém Osmarina perdeu o contato com ele.

Osmarina diz ter tido contato com Manoel Messias somente quando ela era mais nova, pois ele trabalhava próximo a sua casa em São Paulo, assim o ajudando com alguns afazeres em casa.

Para facilitar o contato de Natália com a imagem do pai, Nerisvaldo pede a sua prima fotos, porém Osmarina diz não ter fotos dele. Quando perguntada sobre a idade e estado de saúde que João se encontrava no final da vida, a sobrinha não sabia sua idade, mas relata que ele morreu já surdo e com problema em uma das pernas e ainda ressalta que ele bebia muito.

A casa que João morava no Baixão não existe mais, pois quando ele faleceu alugaram o terreno para criação de gado e se acredita que os animais tenham derrubado a casa, que era uma casinha simples na roça.

Osmarina, relata que se assustou quando comentaram que seu tio tinha uma filha em São Paulo, pois até então ninguém sabia, e João era uma pessoa reservada, sossegado. Ou talvez ele também sabia, e tenha evitado dizer para que se evitassem falatórios.

Continuando as buscas, a equipe do Chapada News consegue localizar em São Paulo um irmão (por parte de mãe) de Manoel Messias, o qual conta que hoje o irmão tem 58 anos, mora em São Paulo, e que o irmão o conheceu a pouco tempo, uns 8 meses. A equipe também descobriu que o Manoel é ex morador de rua e sofre com problemas relacionados ao álcool como o pai, além de ter um dos olhos furados por acidente de trabalho.

E no final tudo acabou bem, Natália conseguiu conhecer um pedaço da sua história, descobriu que tem parentes morando tão perto, além de passar as férias próximo aos parentes por parte de pai e nunca ter os visto, descobre que não tem sobrinhos, mas tem a alegria de poder conhecer um dos seus irmãos. O encontro segundo Natália , sera o mais breve possível.

Sobre Redação

Você pode Gostar de:

Chapada: Festa dos Vaqueiros em Nova Redenção movimenta região entre 31 de agosto e 2 de setembro

A 38º edição da Festa dos Vaqueiros de Nova Redenção, município da Chapada Diamantina, será …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *